Conecte-se connosco

Cinema

Marmostra leva curtas-metragens à Praia da Tocha

Publicado

em

Já é conhecido o programa da Marmostra – V Mostra de Curtas-Metragens, que decorre de 16 a 22 de julho na Praia da Tocha. Trata-se de uma iniciativa organizada pela Associação de Moradores da Praia da Tocha, que conta desde a primeira edição com o apoio da Câmara Municipal de Cantanhede e da Junta de Freguesia Tocha.

A apresentação do programa decorreu durante a conferência de imprensa realizada esta quarta-feira, 6 de julho, no CIAX – Centro Interpretativo de Arte Xávega, na Praia da Tocha.

O vice-presidente Pedro Cardoso, com o pelouro da Cultura, destacou “a importância desta iniciativa como uma ‘janela’ com vista para o mar e para tudo o que lhe está ligado e rodeia, como a arte xávega, assim como para fomentar a cultura cinematográfica e valorização do cinema”. 

“A Marmostra, idealizada e organizada por amantes do cinema, nasceu como uma mostra de curtas-metragens, que após o êxito das edições anteriores, com a exibição de centenas de trabalhos, tem vindo a afirmar-se de forma gradual como um festival de referência no Centro de Portugal, dando visibilidade às diferentes produções nacionais e internacionais, nos seus diferentes registos técnicos e temáticos. Aliás, a Marmostra na sua 5.ª edição está a evidenciar características de um Festival Internacional de Cinema”, enfatizou.

O presidente da Associação de Moradores da Praia da Tocha, Alberto Oliveira, destacou a importância dos apoios para a concretização deste projeto e manifestou a convicção de que “esta é uma aposta ganha e um projeto para continuar” e que a 5.ª edição “tem tudo para ser um enorme êxito”.

Alexandre Vaz, diretor do festival, e Paulo Delgado, entusiasta e coordenador da iniciativa desde a primeira edição, apresentaram o formato da edição deste ano, revelando enorme satisfação quanto à participação, que superou todas as expectativas, assim como da possibilidade de extensão noutros concelhos, “sinal de que está a ter cada vez mais interesse”.

Para o presidente da Junta de Freguesia da Tocha, José Manuel Cruz, “esta é uma iniciativa diferenciadora e de referência” e que “constitui mais um fator de atratividade da Praia da Tocha enquanto destino turístico”.

A edição de 2022 da Marmostra apresenta a concurso quatro áreas temáticas, designadamente mar, ambiente, tradições, biografia. Inscreveram-se 2.400 curtas-metragens, oriundas de 113 países.

Segundo o regulamento, o festival é direcionado ao público em geral, com especial atenção aos amantes do mar em todas as suas vertentes. Os trabalhos não podem exceder os 30 minutos, sendo admitidas curtas-metragens de documentário, ficção e animação.

Para além destes temas, esta 5.ª edição terá um dia destinado a curtas-metragens realizadas por jovens até aos 15 anos, designada “Marmostra Júnior”. Uma outra novidade prende-se com a entrega de prémios monetários aos vencedores.

As sessões diárias vão decorrer a partir das 21h30, no areal junto à Biblioteca de Praia, ou no CIAX, caso as condições meteorológicas impossibilitem a sua apresentação ao ar livre. 

Este ano, a Marmostra conta com extensões em Buarcos (Figueira da Foz), nos dias 23 e 24 de julho, e outra em Canelas (Estarreja), dias 2 e 3 de setembro.

O objetivo da Marmostra é promover o conhecimento do Mar e suscitar a reflexão sobre questões da relação com as comunidades costeiras, nomeadamente em contextos sociológicos com ele relacionados, passando pela sua dimensão económica como fonte de recursos ou como meio propicio para atividades de lazer, recreio e desporto.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade