Conecte-se connosco

Autárquicas

Márcia Simões é a candidata da CDU à Câmara de Miranda do Corvo

Publicado

em

A advogada Márcia Simões, de 42 anos, é a candidata da CDU à presidência da Câmara de Miranda do Corvo nas eleições autárquicas do próximo outono.

“A CDU quer dar um novo rumo a Miranda, onde neste momento não há sequer rumo”, disse hoje à agência Lusa a candidata, para quem “a maioria absoluta é inimiga do que quer que seja para bem do concelho”.

O PS detém a maioria absoluta no executivo camarário, com Miguel Baptista, que se recandidata ao cargo, a ocupar a presidência da autarquia nos últimos dois mandatos, desde 2013.

“Aceitei esta enorme responsabilidade de me candidatar à Câmara Municipal porque é necessário uma nova abordagem política, visando em primeiro lugar os mirandenses”, defende Márcia Simões, numa nota divulgada pela CDU.

Na sua opinião, “é urgente fixar empresas e emprego” neste concelho do interior do distrito de Coimbra, sendo também “absolutamente necessário colocar todo o seu património cultural e natural no mapa”.

Com o projeto da coligação do PCP com os Verdes, a candidata comunista quer “chamar visitantes para usufruírem” das potencialidades de Miranda do Corvo.

“Vamos unir os mirandenses e trabalhar nesse sentido”, preconiza no documento de apresentação.

Márcia Simões criticou hoje que “Miranda está parada” e que “nada foi feito nestes oito anos”, com o PS no poder, ao nível do saneamento básico.

“É preciso conservar e também dinamizar roteiros naturais, históricos e do património”, propôs em declarações à Lusa.

No mandato que termina este ano, a advogada participou várias vezes nas reuniões da Assembleia Municipal (AM), em substituição do eleito da CDU.

Esta força política pretende conquistar um lugar na vereação da Câmara e reforçar também a sua votação nas freguesias e para a AM, onde chegou a estar representada por dois eleitos, de 2013 a 2017.

“Temos condições para colocar também alguma presença nas assembleias de freguesia”, referiu a também presidente da assembleia geral do Grupo Recreativo Mirandense, uma das mais antigas coletividades da vila.

Márcia Simões é ainda membro do Movimento de Utentes do Centro de Saúde local.

Além de Márcia Simões e Miguel Baptista, já anunciaram que irão disputar a presidência do município o gerente bancário Paulo Silva (PSD) e o administrador hospitalar Carlos Filipe Fernandes (Chega).

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade [video width="1280" height="1280" mp4="https://www.noticiasdecoimbra.pt/wp-content/uploads/2020/11/banner-NDC-radioboanova.mp4" loop="true" autoplay="true" preload="auto"][/video]
Publicidade
Publicidade
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com