Conecte-se connosco

Lazer

Marchas de Oliveira do Hospital vão regressar com cerca de 600 participantes

Publicado

em

As Marchas Populares de Oliveira do Hospital saem à rua no sábado, com cerca de 600 participantes de sete marchas do concelho e da marcha convidada de Alfama, revelou hoje a Câmara Municipal.

Em declarações à agência Lusa, a vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, Graça Silva, sublinhou o “ato de coragem” de sete entidades do concelho participarem nas Marchas Populares, depois de dois anos de interregno devido à pandemia causada pela covid-19.

“As últimas edições têm criado uma identidade, quer pelo número de participantes, mas acima de tudo pela qualidade dos marchantes, proporcionando uma noite de muita alegria e entusiasmo, num parque que vai ficar muito colorido”, evidenciou.

As Marchas Populares de Oliveira do Hospital estão agendadas para as 21:00 de sábado, no Parque do Mandanelho, naquela cidade do distrito de Coimbra.

De acordo com a autarca, nesta iniciativa irão desfilar oito marchas, uma delas convidada: a Marcha de Alfama, a quem caberá encerrar o desfile.

“Vamos ter 254 elementos a participar nas marchas infantis e 207 nas marchas seniores. Serão cerca de 600 participantes em toda esta organização”, informou.

As marchas infantis da Fundação Aurélio Amaro Diniz, da Obra D. Josefina da Fonseca e do Centro Social e Paroquial Seixo da Beira estarão entre os participantes, às quais se juntam as marchas seniores da Arcial, do Rancho Folclórico e Cultural de Lagares da Beira, da Escola Eptoliva e da Junta de Freguesia de Meruge e da Associação de Desenvolvimento do Vale do Cobral.

“O investimento financeiro da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital neste evento, para além de todo o apoio logístico, é de cerca 10 mil euros para apoiar estas associações”, revelou.

Graça Silva disse não ter dúvidas de que este é “um apoio imprescindível para as entidades continuarem a apostar na qualidade das suas roupas e músicas”.

“Todos os fatos são criados para esta noite, que termina com uma sardinhada”, acrescentou.

A bilheteira das Marchas Populares de Oliveira do Hospital é solidária, com o público “a oferecer o que entende”.

“É uma receita a favor das entidades participantes, que vem reforçar o apoio financeiro da Câmara e que pode ficar já como investimento para a edição do ano que vem. É uma folga merecida, uma forma de os visitantes agradecerem o emprenho e o trabalho das marchas participantes”, concluiu.

Este evento é promovido pela Câmara Municipal de Oliveira do Hospital e conta com o apoio do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital, Bombeiros Voluntários de Oliveira do Hospital e GNR de Oliveira do Hospital.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade