Conecte-se connosco

Mundo

Marcelo Rebelo de Sousa apresenta condolências ao rei da Bélgica por causa de mortos nas cheias

Publicado

em

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, transmitiu hoje ao rei Filipe da Bélgica “as mais sentidas condolências e sincera solidariedade” a todas as pessoas atingidas pelas fortes chuvadas e cheias naquele país.

Através de uma nota publicada na página oficial da Presidência da República na internet, o chefe de Estado dá conta de que “foi com a maior tristeza” que tomou conhecimento “das trágicas consequências da tempestade que atingiu o sul e o leste” da Bélgica.

“Quero por isso transmitir a Vossa Majestade e por esta via aos familiares das vítimas, em nome do Povo português e no meu próprio, as mais sentidas condolências e sincera solidariedade a todos os atingidos por esta terrível calamidade”, acrescentou Marcelo Rebelo de Sousa.

Pelo menos 153 pessoas morreram na Europa na sequência das fortes chuvadas e inundações que estão a fustigar uma parte da Europa Central. A Bélgica contabilizou pelo menos 20 mortos.

O Governo belga decretou que um dia de luto nacional na terça-feira.

Além da Bélgica e da Alemanha, as chuvas diluvianas e as consequentes cheias causaram graves danos materiais na Holanda, no Luxemburgo e na Suíça.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link