Conecte-se connosco

Autárquicas

Manuel Machado no Teatro

Publicado

em

Em visita à Oficina Municipal do Teatro, o candidato do PS defendeu a obrigação da autarquias e empenhar no apoio à produção teatral que se faz na cidade: “Os projetos como ‘O Teatrão’ são muito importantes porque envolvem a comunidade e contribuem para definir a identidade de Coimbra.”

De acordo com a informação enviada pela sua candidatura, o candidato do Partido Socialista (PS) à presidência Câmara de Coimbra, Manuel Machado, considerou que “a produção teatral é uma das marcas culturais da cidade, pela sua continuidade ao longo dos séculos e, contemporaneamente, pela sua qualidade”. Esta declarações foram produzidas à margem da visita à Oficina Municipal do Teatro, cuja companhia residente é “O Teatrão”.

Na cidade onde já encenaram a maior parte dos vultos teatrais portugueses, de Gil Vicente a Paulo Quintela, Manuel Machado considerou de enorme importância uma aposta da autarquia na formação e envolvimento de públicos, os quais possam assistir ao trabalho de autores, encenadores e atores que vivem, trabalham e estudam dentro do concelho. “Os projetos como ‘O Teatrão’ sãomuito importantes para a cidade, pois são  projetos de envolvência comunitária que contribuem para definir a identidade de Coimbra”, afirmou o candidato a presidente da Câmara. “E, pela forma como têm funcionado, são também um exemplo de boas práticas!”

A nota informativa adianta que para a comitiva socialista “esta foi uma excelente oportunidade para conhecer um novo projeto artístico e pedagógico, mais aberto e em articulação com diversas entidades e redes, proporcionando um constante trabalho prático e uma reflexão que envolve vários públicos e comunidades”.

A atividade da Oficina Municipal do Teatro têm-se estendido desde as redes regionais às internacionais. Projetos como a “Plataforma do Mondego”, a “Artéria 10”ou a participação na Mostra São Palco do Brasil, são exemplos disso mesmo. A formação e sensibilização regular para as artes performativas, o teatro do “8 aos 80 anos” (que neste momento tem 150 alunos) e, sobretudo, a programação regular e diversificada da Oficina Municipal do Teatro, têm conseguido obter um aumento considerável de público para as artes dramáticas em Coimbra.

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade [video width="1280" height="1280" mp4="https://www.noticiasdecoimbra.pt/wp-content/uploads/2020/11/banner-NDC-radioboanova.mp4" loop="true" autoplay="true" preload="auto"][/video]
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com