Autárquicas

Manuel Machado diz que Barbosa de Melo é hipócrita

Notícias de Coimbra | 11 anos atrás em 23-09-2013

Manuel Machado considera que “Nestes anos em Coimbra a mobilidade tornou-se caótica”. O candidato do PS a presidente da Câmara, falava durante uma ação de campanha dedicada aos transportes públicos.

PUBLICIDADE

“Os Serviços Municipalizados de Transportes Urbanos de Coimbra – SMTUC estão em falência técnica, são uma empresa sem rumo e sem capacidade de servir a população do concelho”, refere Manuel Machado.

O socialista, em nota de imprensa argumenta que “A fiabilidade horária das carreiras de transportes públicos é o espelho da gestão municipal do atual presidente da Câmara, que se “limitou a gerir o dia a dia, sem estratégia, nem eficácia, nem rumo”. Por isso, o candidato do PS não resistiu a comentar a intervenção de ontem de Barbosa de Melo, em que este anuncia uma “reformulação profunda nos transportes municipalizados, de forma a alargar a rede a todas as zonas” do concelho.

PUBLICIDADE

“Depois de tantos anos na equipa que gere o município, depois de ser presidente da Câmara, é de um enorme cinismo e de uma profunda hipocrisia vir, no fim do mandato, para esconder a sua tremenda ineficácia a gerir os SMTUC, fazer promessas desconexas, avulsas e vãs, à boca das urnas”, acusou Manuel Machado. “Se fosse capaz de melhorar os transportes, já o tinha feito. O problema é o que candidato do Governo não é capaz de gerir a Câmara nem os serviços municipalizados”.

O PSD voltou a estar na berlinda nas declarações prestadas aos jornalistas a propósito da falta de financiamento a que este Governo votou os SMTUC. “O Governo voltou a maltratar Coimbra”, afirmou Manuel Machado. “Quando ao PSD na Câmara, deixou que maltratassem a cidade e permitiu que a frota da empresa se degradasse por falta de manutenção corrente, pondo inclusive em causa a segurança dos passageiros.”

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

Em contrapartida, o programa do PS prevê a modernização do SMTUC, atualizando a sua oferta e reorganizando a sua rede com sentido estratégico empresarial, por um lado, e de serviço público, por outro. E compromete-se a tornar sustentável uma dívida que a gestão do PSD deixou duplicar em 12 anos.

Críticas feitas, o candidato do PS enumerou os eixos fundamentais da sua política de transportes para a cidade. “Melhorar as acessibilidades às zonas ‘chave’ da cidade atuando no espaço público, reorganizar a circulação dos transportes públicos e privados e os parques de estacionamento, e retomar o projecto da Nova Estação Central de Coimbra como espaço de interface entre todos os meios de transporte”, adiantou Manuel Machado.

A aposta na utilização de bicicletas (70% das deslocações em Coimbra fazem-se ao nível do Mondego), a recuperação de sistemas do tipo Park&Ride, através da criação parques de estacionamento periféricos extremamente bem servidos pelos transportes colectivos urbanos, conjuntamente com medidas de incentivo à não utilização dos veículos particulares nos locais históricos da Cidade, são outras das propostas.

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE