Crimes

Manda incendiar viatura de familiar que testemunhou contra ele num processo

NOTÍCIAS DE COIMBRA | 5 meses atrás em 08-11-2023

A Polícia Judiciária deteve três indivíduos por existirem contra eles fortes indícios da prática de um crime de incêndio urbano ocorrido no mês de março, no Bairro Cova da Moura, na Amadora.

PUBLICIDADE

De acordo com a nota da PJ, “no âmbito da investigação em curso, foram realizadas diversas buscas domiciliárias, durante as quais os suspeitos foram localizados e detidos, em cumprimento dos respetivos mandados de detenção emitidos pelo DIAP da Amadora”.

“Os arguidos, que integram um gangue de jovens, agido concertadamente e a pedido de um outro elemento do mesmo grupo, atualmente em prisão preventiva, por mero ato de vingança, incendiaram uma viatura que pertencia a um familiar do mandante e que tinha testemunhado contra ele nesse processo, utilizando para o efeito um líquido acelerante de combustão com o qual a regaram previamente”, refere.

PUBLICIDADE

publicidade

As chamas provocaram fortes danos no veículo, que ficou praticamente inutilizado, tendo ainda colocado em perigo diversas habitações existentes no local.

Os três detidos, de 19, 20 e 21 anos, vão ser presentes a primeiro interrogatório judicial de arguido detido, no DIAP de Lisboa Oeste – Amadora, para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

PUBLICIDADE

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE