Coimbra

“Maluco para matar André Ventura”

Notícias de Coimbra | 4 semanas atrás em 23-05-2024

– O edifício da sede do Chega, em Lisboa, foi hoje evacuado depois de um homem ter entrado alegando ter uma bomba, confirmou à Lusa a PSP, que o intercetou e ativou o centro de inativação de explosivos.

PUBLICIDADE

O porta-voz da PSP disse à Lusa que o edifício onde se encontra a sede do Chega, na Rua Miguel Lupi, foi evacuado depois de um homem ter entrado com uma mochila alegando que continha um engenho explosivo dentro.

O subintendente Sérgio Soares indicou que o homem foi, entretanto, intercetado pelos agentes que se deslocaram ao local e que foi acionada uma equipa de inativação de explosivos.

PUBLICIDADE

O porta-voz indicou que o homem “está intercetado, não foi detido”, indicando que “pode haver uma questão do foro psicológico”, e ressalvando que ainda não está confirmado o conteúdo da mochila.

O subintendente indicou também que a rua está cortada à circulação, tendo sido estabelecido um perímetro de segurança na envolvência do edifício.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

Sérgio Soares não confirmou quantos meios foram acionados para o local e indicou que não há registo de feridos.

A assessoria do Chega disse à Lusa que o alerta foi dado cerca das 11:30 e relatou que um homem entrou na sede do partido com uma mochila, dirigiu-se a um funcionário e perguntou pelo líder, André Ventura, e “disse que ia colocar uma bomba no edifício”.

O homem quereria matar André Ventura, que está em campanha na Madeira.

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE