Conecte-se connosco

Lazer

Mais uma volta, mais uma viagem. A Feira Popular de Coimbra começa hoje

Publicado

em

A Feira Popular de Coimbra regressa hoje para 17 dias de festa, na Praça da Canção. As portas abrem às 20:00 para todo um mundo de diversão. Há roda gigante, carrosséis, carrinhos de choque, mas também pipocas e algodão doce, sardinhas e febras na brasa, artesanato e muita música. A entrada é gratuita.

Depois de dois anos de interregno devido à pandemia covid-19, e com algumas hesitações pelo meio devido ao facto do município ter decidido não comprar a bilheteira, a Feira Popular regressa hoje e fica até 17 de julho.

O espaço abre todos os dias às 20:00 e encerra, em vésperas de feriado e fins-de-semana, às 2:00 e nos restantes dias às 00:00. Para este dia 1, às 22:00, está marcada a atuação de Foles e Cantorias de Santa Clara e da banda Hidrogénio

No segundo dia (2 de julho), a partir das 22:00, o palco é das bandas Half TimeKremlin. Já no domingo, dia 3, também às dez da noite, atuam os populares Hi-Fi

No feriado da cidade, 4 de julho, a partir das 22:00, a animação é por conta de Ruizinho Penacova mas também do Clube de Tempos Livres de Santa Clara. Na terça-feira, dia 5, a noite é de Tunas e na quarta, dia 6, chega um dos momentos mais esperados: o encontro de marchas. Na sexta-feira, dia 8, atua o grupo Sede Bandida, às 22:00. Sábado, dia 9, Os Red dão show e no domingo (10) a feira encerra com a atuação do Grupo de Concertinas Sons de Casconha.

A 11 começa nova semana e há mais espetáculos, sempre às 22:00. Na segunda-feira atua o Dox Trio, na terça-feira, dia 12, Rock Luso, segue-se a 13 Fonte da Pipa e a 14 os 100 Remédio e Cachupa no Arraial, no dia seguinte (15 de julho) há concerto da banda FBI. Na última volta, que é como quem diz no último fim de semana, está marcada a Gala de Kickboxing e a atuação de MC Ruze e Luís Travassos. A apoteose é a 17, domingo, com uma grande Festa da Espuma animada pelo DJ Nuka.

Além da música em palco, haverá animação ambulante, circo e fogo. O artesanato contra com mais de quatro dezenas de expositores com muitos artesãos locais. Na zona dos comes e bebes estão as coletividades da União das Freguesias de Santa Clara e Castelo Viegas com as suas habituais tasquinhas que ajudam a angariar fundos para durante o ano realizarem as suas atividades. 

Para dar uma ou várias voltinhas não paga nada, seja ou não menina bonita!

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade