Portugal

Mais um sismo! A Terceira não para de tremer

Notícias de Coimbra com Lusa | 4 semanas atrás em 19-06-2024

Um sismo com magnitude 2,0 na escala de Richter foi sentido na Terceira às 19:13 locais (20:13 em Lisboa), tendo sido o segundo abalo registado hoje naquela ilha açoriana, anunciaram as autoridades.

PUBLICIDADE

Segundo o Centro de Informação e Vigilância Sismovulcânica dos Açores (CIVISA), o evento teve epicentro a cerca de três quilómetros a sul de Raminho.

“De acordo com a informação disponível até ao momento o sismo foi sentido com intensidade máxima III (escala de Mercalli Modificada) em Serreta e Altares (concelho de Angra do Heroísmo)”, referiu o CIVISA em comunicado.

PUBLICIDADE

Pelas 01:37 locais de hoje (02:37 em Lisboa) já tinha sido registado outro abalo, com magnitude 2,9 na escala de Richter e epicentro “próximo de Raminho”, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

“De acordo com a informação disponível até ao momento, não causou danos pessoais ou materiais e foi sentido com intensidade máxima III (escala de Mercalli modificada) nas freguesias de Altares, Biscoitos, Quatro Ribeiras e Vila Nova”, referiu a mesma fonte.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

Foi ainda sentido “com menor intensidade” na freguesia de Terra Chã, acrescentou.

Os dois eventos inserem-se na crise sismovulcânica em curso na ilha Terceira desde junho de 2022.

De acordo com a escala de Richter, os sismos são classificados como micro (menos de 2,0), muito pequenos (2,0-2,9), pequenos (3,0-3,9), ligeiros (4,0-4,9), moderados (5,0-5,9), fortes (6,0-6,9), grandes (7,0-7,9), importantes (8,0-8,9), excecionais (9,0-9,9) e extremos (quando superior a 10).

A escala de Mercalli Modificada mede os graus de intensidade dos sismos.

Com uma intensidade III, considerada fraca, o abalo é sentido dentro de casa e os objetos pendentes baloiçam, percecionando-se uma “vibração semelhante à provocada pela passagem de veículos pesados”, de acordo com o IPMA.

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE