Assinaturas NDC

Apoie a nossa missão. Assine o Notícias de Coimbra

Mais tarde

Desporto

Mais dias de competição esperam um pelotão que terá uma Volta a Portugal tardia

Notícias de Coimbra | 1 ano atrás em 03-02-2023

O pelotão português inicia no domingo, na Prova de Abertura, um calendário com mais de 70 dias de competição, um número que supera amplamente o das temporadas anteriores e que reflete a ‘deslocação’ da Volta a Portugal.

PUBLICIDADE

Embora a Figueira Champions Classic – Clássica da Figueira seja a novidade que mais expectativa causa no calendário para 2023, a época arranca, nova e invariavelmente, uma semana antes na região de Aveiro, com os inscritos na Prova de Abertura a percorrerem 165,7 quilómetros entre Estarreja e Ílhavo, no domingo.

Depois de terem um primeiro contacto com equipas do WorldTour na Figueira da Foz, as nove equipas nacionais rumam a Sul para partilharem estrada com algumas das principais estrelas do ciclismo mundial, na Volta ao Algarve, a principal corrida velocipédica disputada em território luso.

A única prova do calendário português da categoria UCI ProSeries disputa-se entre 15 e 19 de fevereiro e precede três clássicas, agendadas para os domingos que antecedem a 40.ª Volta ao Alentejo (22 a 26 de março).

A época terá 14 corridas de um dia – entre as quais cinco circuitos e o Festival de Pista, que encerra a temporada, em 05 de outubro, em Tavira – e 12 provas por etapas, com destaque para o regresso do Grande Prémio Beiras e Serra da Estrela (26 a 28 de maio), e para os inevitáveis Troféu Joaquim Agostinho e Volta a Portugal.

Entre 13 e 16 de julho, já depois dos Nacionais (23 a 25 de junho), a 46.ª edição daquele troféu serve como principal teste das formações portuguesas para a prova ‘rainha’ do ciclismo nacional, adiada para meados de agosto, devido à realização da Jornada Mundial da Juventude de Lisboa.

Assim, a Volta a Portugal estará na estrada entre 09 e 20 de agosto, ligando Viseu a Viana do Castelo, em busca do sucessor do uruguaio Mauricio Moreira (Glassdrive-Q8-Anicolor).

A corrida que mais motiva as formações nacionais não é, contudo, o último momento alto da época, já que o Grande Prémio Jornal de Notícias está agendado entre 02 e 10 de setembro, estendendo-se por uns impensáveis nove dias, menos de duas semanas depois do final da Volta.

O calendário competitivo de 2023 não reflete, no entanto, uma pretensão há muito proclamada pelas equipas nacionais, que gostariam que as corridas a ‘sério’ se prolongassem até outubro, como acontece internacionalmente.

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com