Conecte-se connosco

Saúde

Mais de 81 milhões de doses de vacinas administradas na União Europeia

Publicado

em

Um total de 81,5 milhões de doses de vacinas contra a covid-19 foram já administradas na União Europeia (UE), de um universo de mais de 108 milhões de doses distribuídas aos países, anunciou hoje a Comissão Europeia.

“Mais de 108 milhões de doses de vacinas chegaram aos países da UE até esta semana e, só na última semana, 11 milhões de pessoas receberam uma vacina contra a covid-19”, informa o executivo comunitário numa publicação feita nas redes sociais.

Tendo por base dados de até quinta-feira, a instituição acrescenta que foram já administradas 81,5 milhões de doses de vacinas contra a covid-19 na UE, desde o final de dezembro passado.

Atualmente, estão aprovadas quatro vacinas na UE pela Agência Europeia do Medicamento: Pfizer/BioNTech (Comirnaty), Moderna, Vaxzevria (novo nome da vacina da AstraZeneca) e Janssen (grupo Johnson & Johnson, que estará em distribuição em meados deste mês de abril).

Na publicação realizada nas redes sociais, a Comissão Europeia garante esforços para “acelerar” a produção de vacinas para o espaço comunitário, assegurando estar no “bom caminho para atingir os objetivos de vacinação”, que é o de ter 70% dos adultos na Europa vacinados até ao final do verão.

“Poderemos cumprir o nosso objetivo de vacinação”, reforça a instituição, apesar dos polémicos atrasos na entrega por parte de farmacêuticas como a AstraZeneca.

Segundo Bruxelas, “das quatro vacinas atualmente aprovadas, haverá 360 milhões de doses entregues no segundo trimestre”, número que “inclui 55 milhões da Johnson&Johnson, que é uma vacina de dose única”.

Dados semelhantes constam da ferramenta ‘online’ do Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças (ECDC) para rastrear a vacinação da UE e que tem por base as notificações dos Estados-membros.

Os dados do ECDC, datados de hoje, mencionam que 84 milhões de vacinas foram já administradas pelos países europeus, de um total de 106 milhões de doses chegadas à UE.

Em termos percentuais, isto significa que 6,8% da população adulta da UE já está totalmente inoculada, enquanto 16,3% recebeu apenas a primeira dose da vacina, ainda longe da meta dos 70%.

Nesta contabilização do ECDC entram, além das vacinas aprovadas na UE, outras duas como a chinesa Sinopharm e a russa Sputnik V, cada uma com 1,1 milhões de doses administradas apenas na Hungria.

Para o segundo trimestre, a expectativa do executivo comunitário é que cheguem 360 milhões de doses à UE, principalmente da Pfizer/BioNTech (200 milhões), da Vaxzevria (70 milhões de um total de 180 milhões inicialmente acordadas), da Janssen (55 milhões) e da Moderna (35 milhões).

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade [video width="1280" height="1280" mp4="https://www.noticiasdecoimbra.pt/wp-content/uploads/2020/11/banner-NDC-radioboanova.mp4" loop="true" autoplay="true" preload="auto"][/video]
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com