Assinaturas NDC

Apoie a nossa missão. Assine o Notícias de Coimbra

Mais tarde

Saúde

Mais de 1,3 milhões de portugueses com 60 ou mais anos vacinados contra gripe

Notícias de Coimbra com Lusa | 4 meses atrás em 14-11-2023

Mais de 1,3 milhões de portugueses com idade igual ou superior a 60 anos (32%) já foram vacinados contra a gripe, segundo dados da segunda vaga do Vacinómetro 2023/2024.

PUBLICIDADE

O relatório conjunto da Sociedade Portuguesa de Pneumologia (SPP) e da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF), com o apoio da empresa Sanofi, adianta que 48,1% dos portugueses com 65 ou mais anos já foram vacinados, percentagem que sobe para 66,3% entre as pessoas com 80 ou mais anos.

Da população estudada, 35,5% são mulheres e 26,5 homens, refere o relatório.

O documento, que monitoriza, através de questionários, a vacinação durante e época gripal, mostra também que 48,9% dos portadores de doença crónica já foram vacinados, incluindo 55,9% dos doentes com diabetes e 50,1% da população com doença cardiovascular.

Vacinas contra a gripe foram também já administradas a 35,3% dos profissionais de saúde em contacto direto com doentes.

No que se refere às grávidas, o inquérito revela uma cobertura vacinal de 52,4%, sendo que 72,2% o fizeram por recomendação do médico.

O documento nota igualmente que das pessoas com 65 ou mais anos já vacinadas, 57,1% são da Área Metropolitana de Lisboa, 56,5% da região Norte, 39,4% dos Açores, 39,3% do Alentejo, 34,8% do Algarve, 32,6% da região Centro e 32,4% da Madeira.

Do total de pessoas vacinadas, 50,8% fizeram-no por recomendação do médico, 19,1% no contexto de uma iniciativa laboral, 14,7% por iniciativa própria e 9,9% porque receberam notificação de agendamento pelo SNS.

O inquérito refere ainda que 59,7% das pessoas com 65 ou mais anos que não estão vacinadas tencionam fazê-lo.

No caso dos profissionais de saúde, 21,5% das pessoas não vacinadas manifestaram intenção de vacinação nesta época gripal e no grupo com mais de 80 anos, 58,9% dos inquiridos não vacinados declararam intenção de o fazer nesta época gripal.

Relativamente à coadministração da vacina da gripe com a da covid-19, 83,1% dos vacinados pertencentes aos grupos com recomendação, optaram pela coadministração.

Sobre os motivos que levaram a optar pela coadministração, 69,6% responderam que pretendem estar protegidos 21,1% referiram que o médico recomendou a coadministração, 5,2% por fazerem parte dos grupos de risco e 4,2% por recomendação do farmacêutico.

De acordo com uma norma da DGS, a vacinação contra a gripe é fortemente recomendada para os grupos prioritários, como pessoas com idade igual ou superior a 60 anos, doentes crónicos e imunodeprimidos com seis ou mais meses de idade e grávidas. Fazem parte da recomendação também os profissionais de saúde e outros prestadores de cuidados.

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com