Cidade

Machado esconde documentos. Cidadãos manifestam-se contra a prepotência

Notícias de Coimbra | 8 anos atrás em 30-10-2015

José Augusto Ferreira da Silva, Vereador do movimento Cidadãos Por Coimbra volta a lamentar que  Manuel Machado, Presidente da Câmara Municipal de Coimbra, continue a esconder documentos que deviam ser do conhecimento de todo o executivo municipal.

PUBLICIDADE

Veja o comunicado:

Foi convocada uma reunião extraordinária da Câmara Municipal de Coimbra para o dia de hoje pelas 11 horas. A Ordem de Trabalhos foi conhecida na 3ª feira dia 27, ao fim do dia , e dela constavam , entre outros assuntos, as Grandes Opções do Plano ( GOP) / Orçamento da CMC e dos SMTUC. De acordo com o nº 3 do art. 5º do Regimento das Reuniões da Câmara Municipal os documentos devem ser disponibilizados com a convocatória. E se isso sempre se justifica, muito mais quando se trata de documentos com a importância dos que vão estar em discussão. Acontece que, no dia 27, apenas foi disponibilizado o documento das GOP da CMC e só ontem ao final do dia os demais documentos.

PUBLICIDADE

publicidade

Tendo a maioria da CMC decidido que a reunião que teve início às 11 horas e em que não esteve o Presidente, por razões de agenda, continuasse às 17 horas, manifestamos a nossa oposição, sugerindo que a mesma se realizasse na próxima semana, com vista a permitir que pudéssemos analisar os documentos com o tempo necessário e se respeitasse o Regimento.

Os vereadores do Partido Socialista mantiveram a sua posição intransigente com declarações de clara desconsideração pelas competências da Câmara e com o argumento de que as GOP deveriam ser aprovadas até ao fim do mês. Mas sendo esse o prazo legal, há anos, pergunta-se: por que não foram os documentos apresentados atempadamente? P

PUBLICIDADE

or que não foi esta matéria tratada numa reunião ordinária, de forma transparente e aberta à Comunicação Social, quando se trata de assuntos da maior relevância para os cidadãos?

Esta situação insere-se numa política sistemática de desrespeito do Presidente pela Câmara Municipal e pelos seus vereadores e, em última instância, pelos cidadãos que se arrasta desde o início do mandato.

Por isso, o CPC, estando presente na reunião através do seu vereador, não participará na discussão, nem na deliberação de matérias cujos documentos não tenham sido atempadamente disponibilizados.

É o momento de dizer basta ao desrespeito e à prepotência.

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE