Conecte-se connosco

Coimbra

Luís Marinho continua na liderança da Assembleia Municipal de Coimbra

Publicado

em

 A lista da mesa da Assembleia Municipal de Coimbra proposta pelo PS e pelo movimento Cidadãos por Coimbra (CpC) foi eleita pelos deputados municipais, contra a lista da coligação Juntos Somos Coimbra, que venceu as eleições para a Câmara.

O cabeça de lista do PS à Assembleia Municipal (AM), Luís Marinho, vai presidir ao órgão, pelo terceiro mandato consecutivo, na sequência da votação na primeira reunião da AM, que decorreu hoje, logo após a cerimónia da tomada de posse dos órgãos do município, no Convento São Francisco.

A lista foi eleita com 23 votos a favor, contra 22 da lista que era encabeçada por Lídia Pereira, da coligação Juntos Somos Coimbra (PSD/CDS-PP/NC/PPM/A/RIR/VP), que conquistou a Câmara Municipal, com maioria absoluta.

Registaram-se ainda cinco votos em branco e um nulo.

Na mesa, estará também Graça Simões (do CpC) e o presidente da Junta de Freguesia de Torres do Mondego, Paulo Cardoso (PS), como primeiro e segundo secretários, respetivamente.

A Assembleia Municipal é constituída por 12 deputados eleitos e dez presidentes de junta do PS, o Juntos Somos Coimbra 15 deputados e seis presidentes de junta, a CDU três deputados e dois presidentes de junta, o movimento Cidadãos por Coimbra (CpC) dois deputados e o Chega um.

Antes da votação e em declarações aos jornalistas, José Manuel Silva, presidente eleito da Câmara de Coimbra, manifestava confiança que Lídia Pereira pudesse ser a primeira mulher presidente da Assembleia Municipal de Coimbra.

Após a sua eleição, o presidente da Assembleia Municipal, Luís Marinho, realçou que irá trabalhar para garantir uma AM com recursos reforçados e com condições dignas para trabalhar.

Posteriormente, o deputado da CDU, Manuel Rocha, apresentou um texto para ser convertido em proposta de resolução da Assembleia, que propunha reforçar o quadro permanente do pessoal de apoio do órgão, espaços próprios para os deputados e garantir que comissões permanentes da Assembleia possam funcionar.

A proposta será debatida numa próxima sessão da Assembleia Municipal.

Veja o vídeo do Direto NDC:

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link