Região

Lousã com “fim de semana cultural intenso” no âmbito da Rede Cultural Terras da Chanfana

Notícias de Coimbra | 3 anos atrás em 20-07-2021

“O próximo fim de semana será de intensa e diversificada atividade cultural no Concelho da Lousã”, no âmbito da programação definida para a Rede Cultural Terras da Chanfana, iniciativa Festival Artes do Diabo, no dia 23 de julho, 6.ª feira, pelas 21h30, no Anfiteatro do Parque Carlos Reis, terá lugar a peça de teatro “Mulheres Ácidas”, uma produção CASULO – Núcleo de Artes Performativas do Grémio Dramático Povoense, explica a autarquia.

PUBLICIDADE

Marlene Barreto e Patrícia Luís são as atrizes que interpretam no palco, não apenas duas, mas sete mulheres ácidas. Numa narrativa solta e despretensiosa, contam histórias passando por personagens das mais diferentes idades e épocas. 

PUBLICIDADE

Já no dia 24 de julho, sábado, pelas 16h, no Auditório do Museu Etnográfico Dr. Louzã Henriques, terá lugar a conferência “O humor nos contos de tradição oral”, com o humorista Jorge Serafim. 

PUBLICIDADE

publicidade

No dia 25 de julho, domingo, pelas 15h30, no Museu Etnográfico Dr. Louzã Henriques, decorrerá mais uma sessão das Visitas Performativas, do Projeto Re-Existir, atividade cultural no âmbito da programação da iniciativa Coimbra Região de Cultura, promovida pela CIM Região de Coimbra. 

Uma visita diferente pela coleção e pelos objetos que a constituem, contada através das histórias e memórias do Dr. Louzã Henriques, recolhidas por Manuela Cruzeiro, sua biógrafa, e de um poema seu lido por Leonor Barata. Lugar ainda às modas da Serra da Lousã interpretadas por Osvaldo Serra e coreografadas e dançadas por Clara Carvalho. Esta iniciativa poderá ser acompanhada online atavés do Facebook.

PUBLICIDADE

No mesmo dia, 25 de julho, domingo, pelas 21h30, no Anfiteatro do Parque Carlos Reis, terá lugar o espetáculo de teatro “NOSOCÓMICO”, uma produção da Companhia Teatro das Beiras. Este espetáculo partiu de dois dos primeiros textos de Molière: “Médecin Volant” (Médico Volante) e “La Jalousie du Barbouillé” (A Ciumeira do Enjoado). “Já neles se nota o enorme talento que veio a consagrar o Mestre: um humor feito de irreverência, de quebra de preconceitos, de crítica social desbragada, sem filtros, sem auto-censura”, defende a autarquia.

Esta iniciativa – tal como a conferência com Jorge Serafim e o espetáculo “Mulheres Ácidas” inserem-se no âmbito da Rede Cultural Terras da Chanfana, promovida pelos Municípios da Lousã, Miranda do Corvo, Vila Nova de Poiares e Penela, cofinanciada pelo Centro 2020, Portugal 2020 e pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.  

Para assistir às iniciativas no âmbito da Rede Cultural Terras da Chanfana, assim como para a visita performativa “Re-Existir”, será necessário efetuar reserva de lugar através do email maia.costa@cm-lousa.pt ou através dos contatos telefónicos 239 993372 (Museu Municipal Prof. Álvaro Viana de Lemos) e 239 990040 (Museu Etnográfico Dr. Louzã Henriques). Poderá, também, ser efetuada marcação presencial no balcão da Biblioteca Municipal Comendador Montenegro. 

Já de 23 a 25 de julho, a Aldeia do Xisto da Cerdeira, acolhe a iniciativa “Elementos à Solta – Art meets nature”, este ano com o tema “Reconstrução do Mundo”. 

A 14ª edição do Elementos à Solta, organizado pela Cerdeira Home for Creativity, propõe um mundo feito de arte: da poesia à escultura, da música, aos ofícios. A arte andará “à solta” pela aldeia, com exposições interativas, espetáculos originais e workshops criativos para todos os que quiserem participar.  

Poderá consultar o programa completo desta iniciativa.

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com