Conecte-se connosco

Destaque

Lousã aposta no ensino da música com apoio de três aplicações digitais

Publicado

em

O município e o Agrupamento de Escolas da Lousã (AEL), no distrito de Coimbra, renovam no presente ano letivo a aposta num projeto de ensino da música com apoio de três aplicações digitais educativas.

Com base no projeto “Classplash”, o AEL e a autarquia pretendem promover “de forma lúdica” as competências musicais dos alunos, designadamente ao nível do ritmo, flauta bisel e composição, refere hoje em comunicado a Câmara Municipal, presidida por Luís Antunes.

“O município oferece as licenças para poderem utilizar as aplicações a todas as crianças do 1.º ciclo do agrupamento e às turmas do 2.º ciclo [também] interessadas, num total de 757 alunos e 16 docentes”, adiantou.

As três aplicações digitais (‘apps’) estão disponíveis gratuitamente na plataforma “Classroom”, segundo a nota.

“Para ter acesso, basta fazer ‘download’ e seguir as instruções. Depois, é só jogar em casa, preferencialmente em família”, salientou a autarquia.

As ‘apps’ disponíveis são “Rhythmic Village”, “Flute Master” e “Cornelius Composer”.

“Estas aplicações são ainda úteis para o ensino do uso adequado das tecnologias, para aprender a contar e recontar histórias e para a aprendizagem de idiomas, já que pode mudar para inglês, alemão e espanhol, entre outros”, recomendou a Câmara da Lousã.

A plataforma “Classroom” e as aplicações foram desenvolvidas na Lousã por uma equipa local liderada pelo professor de música João Carlos Ramalheiro.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link