Empresas

Lidl exportou 27.000 toneladas de frutas e legumes portugueses para 11 países em 2022

Notícias de Coimbra com Lusa | 1 ano atrás em 20-03-2023

 A cadeia de retalho Lidl exportou 27.000 toneladas de frutas e legumes portugueses para 11 países em 2022 através da campanha conjunta com a Portugal Fresh, foi hoje anunciado.

PUBLICIDADE

Num comunicado divulgado hoje para assinalar o Dia Mundial da Agricultura, o Lidl, que integra o grupo alemão Schwarz, destaca o crescimento deste indicador em 23% face a 2021, “reafirmando-se assim o apoio do retalhista aos produtores nacionais”.

No total, foram 1.533 camiões carregados com frutas e legumes com origem em 505 produtores em Portugal que saíram do país em direção aos mercados da Alemanha, França, Espanha, Luxemburgo, Bélgica, Suíça, Polónia, Lituânia, Suécia, Reino Unido e Irlanda.

PUBLICIDADE

A pera rocha do oeste foi o principal produto exportado, somando 16.000 toneladas, seguindo-se 4.000 toneladas de couve coração, 2.000 toneladas de fruta de caroço e outras 2.000 toneladas de citrinos do Algarve, 1.400 toneladas de frutos vermelhos e 90 toneladas de maça reineta de Alcobaça – esta última que apenas foi exportada para Espanha e nos meses de novembro e dezembro.

Além destes produtos, foram ainda exportados abóbora, ameixa, castanha, couve branca/repolho e melão.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

“A evolução dos números é a prova que a nossa missão tem sido bem-sucedida e que os produtos nacionais são de grande qualidade. A parceria que mantemos com a Portugal Fresh desde 2014 tem-nos permitido fazer a diferença nos negócios dos nossos parceiros”, segundo o diretor de frutas e legumes do Lidl Portugal, Pierre Silva, citado no documento.

A Portugal Fresh anunciou em fevereiro que as exportações portuguesas de frutas, legumes e flores atingiram em 2022 o valor recorde de 2.040 milhões de euros, um aumento de 15,6% face a 2021.

Em comunicado, a Associação para a Promoção das Frutas, Legumes e Flores de Portugal refere ainda, que, com base nos dados divulgados hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), as vendas internacionais do setor cresceram 13,6% em volume, para 1.835 milhões de quilos.

No ano passado, os principais produtos exportados foram o tomate processado (330 milhões de euros), os pequenos frutos (260 milhões de euros), os citrinos (172 milhões de euros), as peras (111 milhões de euros) e o tomate fresco (79 milhões de euros).

Em termos de mercados, Espanha continuou a ser o maior cliente de Portugal na compra de frutas, legumes e flores, com um peso de 35%, seguindo-se a França, Países Baixos, Alemanha, Reino Unido e Bélgica como os principais destinos da produção nacional em 2022.

No total, a União Europeia absorve 80% do total das exportações do ‘cluster’.

Criada em dezembro de 2010 para “valorizar a origem ‘Portugal’ e as características dos produtos nacionais, para além de promover as frutas, legumes e flores nos mercados interno e externo”, a Portugal Fresh – tem 87 sócios que representam mais de 4.500 produtores portugueses.

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE