Política

Líder parlamentar do PS acusa Cavaco Silva de “fraca qualidade moral”

Notícias de Coimbra com Lusa | 3 meses atrás em 04-12-2023

 O líder parlamentar do PS acusou hoje o ex-Presidente Cavaco Silva de revelar “fraca qualidade moral” ao fingir que não sabe que o argumento da ausência de contas certas foi usado para cortar salários e pensões.

PUBLICIDADE

Eurico Brilhante Dias comentou no Facebook o artigo assinado por Anibal Cavaco Silna na edição de hoje do Público em que considera que a ideia de “contas certas” é uma “armadilha do poder socialista para iludir os portugueses” para “desviar a atenção (…) dos graves problemas do país” e “esconder a incompetência e a baixa qualidade moral de alguns ministros”.

PUBLICIDADE

Numa curta resposta publicada no Facebbok, Eurico Brilhante Dias reagiu: “Da fraca qualidade moral. Fingir que não se sabe que o argumento da ausência de contas certas foi usado para cortar salários, pensões, prestações sociais, fazer um enorme aumento de impostos e diminuir o Estado Social, degradando a Escola Pública e o SNS, com números históricos de emigração (360 mil entre 2013 e 2015 – ver Pordata). Tudo porque as contas não batiam certo”.

PUBLICIDADE

“Quem vive do seu salário e da sua pensão sabe bem qual é a ‘armadilha'”, concluiu o líder da bancada socialista.

Brilhante Dias recordou os tempos dos governos chefiados por Pedro Passos Coelho, no tempo em que a “Troika” do Fundo Monetário Internacional, Banco Central Europeu e União Europeia estavam em Portugal a avaliar as medidas de redução do défice orçamental em que foram cortados salários e pensões com o argumento de que era necessário que o país reduzisse a dívida pública e voltasse a ter contas certas.

PUBLICIDADE

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com