Desporto

Líder da Volta a Itália testa positivo à covid-19 e abandona “Giro”

Notícias de Coimbra | 1 ano atrás em 14-05-2023

O camisola rosa Remco Evenepoel está fora da Volta a Itália, depois de ter testado positivo à covid-19, confirmou a Soudal Quick-Step, equipa do ciclista belga que venceu hoje a nona etapa do Giro.

PUBLICIDADE

“Remco Evenepoel está fora da Volta a Itália devido à covid-19. O belga foi forçado a abandonar a sua primeira grande Volta da época após um teste de rotina realizado antes do primeiro dia de descanso ter dado positivo à covid-19”, lê-se no comunicado publicado no sítio oficial da formação belga.

O atual campeão mundial de fundo, de 23 anos, liderava a Volta a Itália com 45 segundos de vantagem sobre o britânico Geraint Thomas (INEOS), que agora será ‘promovido’ a primeiro da geral. Com a desistência de Evenepoel, o português João Almeida (UAE Emirates) sobe a quarto, atrás do esloveno Primoz Roglic (Jumbo-Visma) e do britânico Tao Geoghegan Hart (INEOS).

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

“Estou destroçado por ter de anunciar que vou abandonar o Giro devido à covid-19 […]. A minha experiência aqui foi verdadeiramente especial e estava ansioso por competir nas próximas duas semanas”, escreveu o belga nas suas redes sociais.

PUBLICIDADE

O campeão da Vuelta2022 despede-se do Giro com a ‘maglia rosa’ vestida e duas etapas conquistadas, o contrarrelógio de hoje, no qual bateu Thomas apenas por um segundo, e o da primeira etapa.

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE