Crimes

Lar ilegal encerrado pela Segurança Social. Idosos pagavam 800 euros e habitação “não tinha condições”

NOTÍCIAS DE COIMBRA | 1 ano atrás em 26-05-2023

Um lar considerado ilegal, em Setúbal, foi encerrado pela Segurança Social. O espaço foi criado por um casal numa casa arrendada. Moravam quatro idosos que, cada um, pagava 800 euros mensais.

PUBLICIDADE

O casal criou o lar, sem informar a senhoria da casa. A habitação não tinha condições para o funcionar como um lar, uma vez que não dispunha de médicos ou enfermeiros, segundo o Correio da Manhã.

Também não tinha funcionários para dar o apoio aos utentes e as casas de banho não estavam adaptadas. Os utentes viviam bastante apertados: três mulheres e um homem partilhavam o mesmo quarto.

PUBLICIDADE

Funcionou durante 7 meses, e o casal conseguiu ganhar cerca de 25 mil euros. O jornal sabe ainda que os inquilinos não tinham licença válida e que já não é a primeira vez que tentam formar algo do mesmo género.

A senhoria descobriu o negócio ilegal quando quis visitar a casa e os arrendatários não o permitiram. Mais tarde, uma familiar do casal deu acesso à habitação e foi aí que a senhoria soube do que se estava a passar. Em seguida, apresentou queixa à polícia e à segurança social.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

 

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE