Conecte-se connosco

Desporto

Jovens deram passos para ver Coelho na toca

Publicado

em

O primeiro-ministro afirmou hoje perante um grupo de jovens dirigentes associativos com quem se reuniu para assinalar o 25 de Abril que “a democracia e a liberdade têm de ser regadas com muito cuidado todos os dias”.

Nos jardins da residência oficial de São Bento, Pedro Passos Coelho referiu que são cada vez mais os portugueses nascidos “neste espaço de liberdade e democracia”, acrescentando: “E ele tem de se reinventar a cada dia que passa, porque senão deixamos as nossas comemorações a cheirar a bafio. Não é isso que nós queremos que aconteça com o espírito da liberdade e da democracia”.

O chefe do executivo PSD/CDS-PP fez um discurso de menos de cinco minutos e depois escusou-se a comentar os discursos feitos hoje nas comemorações dos 40 anos do 25 de Abril e entrou na residência oficial para almoçar com os jovens dirigentes associativos sem responder a perguntas aos jornalistas.

Dirigindo-se aos jovens, que estavam alinhados em duas filas na escada que liga os jardins às traseiras da residência oficial de São Bento, Passos Coelho afirmou: “Eu não desejo, como vos disse há pouco, fazer um discurso neste dia. Quero apenas assinalar que a democracia e a liberdade têm de ser regadas com muito cuidado todos os dias”.

“E isso exige do esforço de cidadania, mas em particular daqueles que são mais jovens”, prosseguiu o primeiro-ministro, de cravo ao peito.

A todos os que “não podem comparar” o momento atual com “tempos de falta de liberdade e de ditadura e de autoritarismo”, Passos Coelho pediu: “Não deixem de acreditar na sua capacidade para todos os dias fortalecer e consolidar um espírito de liberdade, de cosmopolitismo social e político e, portanto, também de democracia, sem a qual a nossa sociedade estiola e fica com menos futuro”.

Antes, o antigo presidente da JSD considerou que a participação em associações juvenis permite “uma aprendizagem de liberdade e de democracia”, que referiu também ter experimentado quando foi dirigente estudantil e associativo.

“E é por acreditar que esse papel é de forma pioneira muito bem desenvolvido pelo associativismo juvenil que, de certa maneira também para vos homenagear, vos dirigi este convite para estarem hoje comigo a celebrar este lindíssimo dia de liberdade e de democracia”, justificou.

Passos Coelho teve ao seu lado, enquanto discursou, o ministro da Presidência e dos Assuntos Parlamentares, Luís Marques Guedes, e o secretário de Estado do Desporto e Juventude, Emídio Guerreiro.

De acordo com o gabinete do primeiro-ministro, participaram neste encontro dirigentes do Conselho Nacional de Juventude e das federações nacionais das associações juvenis, do desporto universitário, dos estudantes do ensino superior politécnico e do ensino superior particular e cooperativo.

A Federação Académica do Porto, as associações académicas de Coimbra, Lisboa e Algarve, o Corpo Nacional de Escutas, a Conexão Lusófona e as associações Synergia, Zunzum, Sport Club Operário de Cem Soldos, Suão e Moju completam a lista de organizações representadas.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com