Coimbra

Jovens de Souselas cozinham 80 refeições para população sem abrigo de Coimbra (com vídeos)

Zilda Monteiro | 1 ano atrás em 13-11-2022

Cerca de 20 jovens, que frequentam os 9.º e 10.º anos da catequese na Paróquia de Souselas, confecionaram, este domingo, 80 refeições que distribuíram pela população sem abrigo de Coimbra. 

PUBLICIDADE

Esta ação solidária contou com o envolvimento dos pais e das catequistas e teve a colaboração do Centro de Apoio Social de Souselas (CASS), que abriu as portas da sua cozinha para que este grupo aí pudesse confecionar as refeições.

Com esta iniciativa, o grupo de catequistas quis sensibilizar os jovens, a maioria com 15 e 16 anos, para as necessidades da população economicamente mais fragilizada, transpondo para o dia-a-dia os valores que lhes têm sido transmitidos ao longo dos anos na catequese.

PUBLICIDADE

publicidade

“É um momento de partilha. É uma forma diferente de dar catequese, uma forma prática, onde conseguimos desenvolver com com estes jovens competências que ultrapassam o âmbito teórico da catequese”, realçou a catequista Amélia Almeida, destacando também a importância de “fomentar as relações interpessoais” numa altura em que se vive “num mundo de tecnologia e em que o conforto do sofá os impede e priva de desenvolver este tipo de iniciativas que lhes faz tão bem”.

Para além do envolvimento de todos na confeção destas refeições, coube também aos jovens colaborarem na entrega, que decorreu no Centro de Reforço Alimentar de Coimbra, espaço da Câmara Municipal de Coimbra situado na Rua Figueira da Foz, na Baixa da cidade.

PUBLICIDADE

Enquanto alguns jovens se revezavam em grupos na preparação dos kits de alimentação, outros permaneceram na rua, onde se encontravam já dezenas de pessoas a aguardar pela refeição. Foi aí que puderam contactar também com alguns sem abrigo e conhecer as suas histórias de vida.

Este grupo preparou 80 doses, compostas por coxas de frango, batatas assadas e brócolos. A acompanhar uma taça de arroz doce e uma maçã. A estes alimentos juntaram-se, já no centro, uma sopa, um pão, água, uma sandes e um chocolate, bens entregues neste caso pela Associação Todos pelos Outros. Sediada em Chão do Bispo, esta coletividade apoia, como explicou a voluntária Cristina Cunha, o Centro de Apoio aos Sem Abrigo (CASA) todos os domingos com este conjunto de bens, uma forma de “proporcionar uma refeição completa” aos sem abrigo.

No total, foram preparadas refeições para 80 sem abrigo. De acordo com Tânia Pratas, técnica de Serviço Social do CASA, este número é sempre volátil mas nos últimos tempos tem vindo a aumentar. Há pessoas de todas as idades, muitas delas jovens, e de ambos os sexos a procurar ajuda alimentar. Verifica-se, contudo, que os homens continuam em maioria.

Nem todos os que vão buscar comida, que é assegurada todos os dias pelas instituições da cidade  que apoiam esta franja da população, vivem na rua. Segundo Tânia Pratas, são cerca de 30 os que não têm alojamento. Os restantes vivem em quartos ou apartamentos mas o rendimento não é suficiente para pagar todas as despesas, o que os leva a recorrer a ajuda alimentar.

Veja os vídeos dos diretos NDC:

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE