Coimbra

Jovens apanhados pela corrente do Rio Mondego em Coimbra. Só pararam na ponte pedonal

António Alves | 2 meses atrás em 22-03-2024

Dois jovens de 15 e 19 anos decidiram esta sexta-feira, 22 de março, nadar no rio Mondego. Quando davam umas braçadas, ficaram sem pé e foram arrastados pela corrente até um dos pilares da Ponte Pedro e Inês.

PUBLICIDADE

De acordo com o chefe Carlos Fischer, os rapazes entraram na água junto aos edifícios dos Desportos Náuticos (margem esquerda do rio Mondego) quando, poucos metros depois, foram apanhados pela corrente do rio Mondego que os arrastou até a um dos pilares da Ponte Pedro e Inês.

O alerta foi dado pouco depois das 14:00 por algumas pessoas que se encontravam no local. “Os jovens pensavam que o rio não tinha corrente. Ao ficarem sem forças, preferiram deixar-se levar até a um dos pilares da ponte pedonal.”, afirmou o chefe Carlos Fischer ao Notícias de Coimbra

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

Ao chegarem à margem esquerda do Parque Verde do Mondego, e para que o resgate fosse feito de forma mais rápida, os Bombeiros Sapadores de Coimbra usaram o barco de borracha, tendo tudo corrido de forma célere e sem qualquer tipo de consequências físicas para os jovens.

PUBLICIDADE

Já em terra, os dois rapazes recusaram assistência pela equipa médica presente no local, não tendo sido necessário transportá-los para o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC).

Para além dos Bombeiros Sapadores de Coimbra, esteve no local a Polícia de Segurança Pública, que tomou conta da ocorrência.

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE