Conecte-se connosco

Crimes

Jovem de 21 anos indiciado por violência agravada contra a companheira

Publicado

em

Um jovem de 21 anos, indiciado de um crime de violência agravada, foi proibido pelo tribunal de frequentar a casa onde vivia com a vítima, no concelho de Óbidos.

Segundo uma nota divulgada na página da Internet do Ministério Público (MP) de Leiria, o tribunal considerou fortemente indiciado que o arguido, entre março e abril de 2022, “molestou física, verbal e psicologicamente a vítima, com quem vivia maritalmente, no concelho de Óbidos”.

Ainda de acordo com o MP, o arguido “desferiu bofetadas e pontapés na vítima, apertou-lhe o pescoço, agarrou-a pelos pulsos, abanou-a e empurrou-a, fazendo-a cair no chão”, além de a ter insultado e ameaçado, “deixando-a intranquila e assustada”.

Numa ocasião, segundo o MP, o homem “encostou uma almofada ao rosto da vítima e pressionou-a com ambas as mãos, provocando-lhe falta de ar momentânea”.

Após ter sido ouvido em primeiro interrogatório judicial, na terça-feira, o jovem ficou sujeito à medida de coação de apresentações quinzenais à autoridade policial e proibido de contactar, por qualquer meio, com a vítima, “diretamente ou por interposta pessoa”.

Além disso, o arguido ficou ainda proibido de permanecer, deslocar-se e frequentar “a residência onde reside a vítima ou de frequentar locais onde esta se encontre ou se presuma que se encontre” e proibido de permanecer, deslocar-se e frequentar, sem justificação ponderosa, as imediações dos locais de trabalho da vítima e da mãe desta.

A investigação é dirigida pelo MP da 2.ª secção das Caldas da Rainha do Departamento de Investigação e Ação Penal de Leiria, com a coadjuvação do Posto Territorial de Óbidos da GNR.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link