Conecte-se connosco

Coimbra

José Manuel Silva quer livrar-se de Audi de Manuel Machado (com vídeo)

Publicado

em

O presidente da Câmara Municipal de Coimbra, José Manuel Silva, tem intenções de vender ou trocar o “famoso” Audi A8, que o anterior autarca comprou com dinheiro público por mais de 83 mil euros. Certo é que o automóvel, que está “guardado e protegido”, não é bem vindo nas garagens do município. 

“O Audi A8 neste momento está guardado e nós estamos a ponderar se o vendemos em hasta pública ou se utilizamos para trocar por duas carrinhas que são necessárias para dois departamentos da Câmara, nomeadamente para a Higiene e para o Ambiente, dar à troca para reduzir os custos dessas carrinhas”, explicou o edil, questionado pelo Notícias de Coimbra sobre o destino que vai dar ao carro.

“Ainda não tomámos uma decisão, há assuntos mais prioritários do que o Audi que está devidamente guardado e protegido, mas brevemente lhe daremos um destino e disso daremos nota”, garantiu José Manuel Silva.

O carro foi comprado na Auto-Maran em abril de 2018 pelo preço de 67.804,09 euros, valor que chega aos 83.399,03 euros com o acréscimo do imposto. Quatro anos antes, em abril de 2014, Manuel Machado já tinha comprado, no mesmo stand, um Audi A6, por 51.000 euros, já com IVA.

O veículo foi comprado com dinheiro da Câmara para ser utilizado em deslocações oficiais. Na altura que a aquisição veio a público, a autarquia disse que o valor foi menor do que o que estava a ser divulgado, já que abateu na compra o carro até então usado.

A compra, que não é ilegal, foi muito contestada inclusivamente por José Manuel Silva que, enquanto vereador da oposição, falou de “esbanjamento de dinheiros públicos”.

Agora, enquanto líder da 8 de maio, tem a oportunidade de se desfazer do topo de gama, ele que se tem deslocado para os Paços do Concelho na sua viatura particular e que utiliza o Peugeot 508, de 2011, do município para as deslocações oficiais. “Os carros da Câmara são para serviço de situações de necessidade, quando vamos em representação da Câmara”, afirmou ao NDC, “no acesso ao local de trabalho não há necessidade de usarmos as viaturas da Câmara, não quer dizer que numa situação ou outra não o possa fazer”, acrescentou.

Veja aqui o vídeo em direto NDC com as declarações do presidente sobre o Audi (a partir dos 3:38):

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link