Conecte-se connosco

Coimbra

José Manuel Silva quer “equilibrar contas” no Convento São Francisco (com vídeos)

Publicado

em

O Presidente da Câmara de Coimbra, José Manuel Silva, diz que não quer que o “Convento São Francisco dê tanto prejuízo”, o objetivo é que este equipamento “tenha um equilíbrio financeiro das suas contas”, realçando que “há capacidade e estrutura que permite equilibrar as contas, procurando uma maior realização de eventos corporativos” e continuando a receber “eventos culturais”.

“É preciso aumentar a taxa de utilização, é necessário reforçar a equipa, dar autonomia de gestão, há todo um potencial para um equilíbrio de contas, vamos trabalhar para proporcionar à cidade eventos culturais de alto relevo”, frisou o autarca no final da reunião do executivo.

O Convento São Francisco dá um prejuízo anual de 2 milhões de euros, adiantou José Manuel Silva, numa sessão de “perguntas e respostas”, num jantar promovido pelo núcleo de Coimbra da Associação Cristã de Empresários e Gestores (ACEGE), que decorreu no dia 3 de outubro.

E no período antes da ordem do dia, a vereadora do PS, Carina Gomes, questionou o edil em que documento se baseia para afirmar que a estrutura dá um prejuízo anual de 2 milhões de euros e como é que este equipamento cultural pode ser autossustentável.

Carina Gomes sustenta que dos documentos que conhece “não há nenhum que indique 2 milhões de euros de prejuízo”, deixando um apelo “que o lucro não passe na área da cultura a ser o elemento central na tomada de decisão sobre o Convento São Francisco”.

Veja o vídeo do Direto NDC com o presidente da Câmara, José Manuel Silva:

Veja o vídeo do Direto NDC com a vereadora do PS, Carina Gomes:

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link