Economia

José Manuel Silva dá 90 000 euros ao elitista Festival das Artes Quebra Jazz

Notícias de Coimbra | 3 semanas atrás em 24-05-2024

O 15º Festival das Artes QuebraJazz, que irá decorrer de 17 de julho a 31 de agosto, é comparticipado pela Câmara Municipal (CM) de Coimbra em 90 mil euros. O apoio à Associação Cultural Quebra Costas vai ser debatido na reunião do Executivo Municipal do dia 27 de maio. 

PUBLICIDADE

A CM de Coimbra apoia este ano esta iniciativa através de uma comparticipação de 90 mil euros à Associação Cultural Quebra Costas, assim como isenções do pagamento de taxas diversas e apoio na divulgação.

No primeiro dia, do festival a 17 de julho, inaugura no Museu Municipal de Coimbra – Edifício Chiado, com produção e curadoria do Centro de Artes Visuais – Encontros de Fotografia, a exposição “Mensagem”.

PUBLICIDADE

Pelo Anfiteatro Colina de Camões, do Hotel Quinta das Lágrimas, irão desfilar grandes nomes como Luís Figueiredo e a Orquestra Metropolitana de Lisboa que apresentam, em lançamento e em estreia, a obra “Anima – A música como mensageira de humanidade”, onde a música clássica e o jazz se fundem (dia 17). Mário Laginha e Pedro Burmester que celebram a liberdade misturando a música popular com o jazz e a música clássica (dia 18).

O grupo Mano a Mano homenageia Lourdes Castro com música, poesia e performance (dia 19). Marta Pereira da Costa e António Fonseca, com a apresentação de um espetáculo de guitarra portuguesa e piano “A Voz de Camões” (dia 21).

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

Os Músicos do Tejo revelam-nos os segredos da música antiga portuguesa com a poesia camoniana (dia 23). A Orquestra Gulbenkian e Artur Pizarro com a apresentação da sinfonia “À Pátria” de Viana da Motta (dia 24). 

A programação nas escadas do bar Quebra Costas – todas as sextas e sábados de 26 de julho a 31 de agosto – com a apresentação de projetos nacionais na área do jazz em concertos duplos, inclui os nomes Zzaj Trio, AP Quarteto, Themandus, Trio João Freitas, Trio Paulo Santo e o Quarteto Paula Oliveira.

“Trata-se de um programa multidisciplinar, sendo que o Festival das Artes QuebraJazz tem vindo a afirmar-se no calendário de eventos culturais e sociais de Coimbra, trazendo à cidade artistas nacionais e internacionais de reconhecida qualidade, enriquecendo, deste modo, a oferta cultural e turística na cidade, corrigindo assimetrias de acesso à criação e fruição culturais e valorizando o património cultural, durante o período de verão”, conclui a autarquia liderada por José Manuel Silva.

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE