Conecte-se connosco

O Sexo e a Cidade

José Eduardo Simões não recorre e demite-se da presidência

Publicado

em

José Eduardo Simões não recorre e demite-se da presidência

Condenado a três anos e meio de prisão por corrupção, José Eduardo Simões anunciou esta sexta-feira que não vai recorrer da condenação e que renunciou ao cargo de presidente  da Académica de Coimbra.

«Depois de falar com a minha família, decidi aceitar a decisão do tribunal de Coimbra sobre a minha situação criminal. Por isso instruí os meus advogados a não formar recurso. Esta é a minha ideia de decência, de responsabilidade pessoal. A corrupção foi o erro da minha vida e terei as consequências disso», referiu JES, em comunicado publicado no site da AAC/OAF.

«Além disso, renuncio, com efeito imediato, aos meus deveres como presidente da Académica. Quero evitar qualquer dano ao meu clube», pode ainda ler-se no comunicado.

Hoeness não recorre e demite-se da presidência

Condenado a três anos e meio de prisão por evasão fiscal, Uli Hoeness anunciou esta sexta-feira que não vai recorrer da condenação e que renunciou ao cargo de presidente do Bayern Munique.

«Depois de falar com a minha família, decidi aceitar a decisão do tribunal de Munique sobre a minha situação fiscal. Por isso instruí os meus advogados a não formar recurso. Esta é a minha ideia de decência, de responsabilidade pessoal. A evasão fiscal foi o erro da minha vida e terei as consequências disso», referiu Hoeness, em comunicado publicado no site do Bayern.

«Além disso, renuncio, com efeito imediato, aos meus deveres como presidente do Bayern e do Conselho Fiscal. Quero evitar qualquer dano ao meu clube», pode ainda ler-se no comunicado.

 Uma destas notícias é verdadeira. O titulo é falso. Coimbra podia ser uma lição se seguisse o exemplo alemão.
a bola

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link