Conecte-se connosco

Região

Jornal Trevim da Lousã comemora 55 anos e vai debater o futuro do trabalho na vila

Publicado

em

O futuro do trabalho em Portugal vai ser debatido na Lousã, hoje, 11 de novembro, às 18:00, no âmbito de uma sessão promovida pelo jornal Trevim, que está a comemorar 55 anos.

Subordinada ao tema “O futuro no trabalho ou o trabalho do futuro”, a iniciativa decorre na Biblioteca Municipal Comendador Montenegro, no centro da vila, e conta com intervenções de Alcides Martins, advogado e docente do ensino superior na área do Direito do Trabalho e da Segurança Social, e do sindicalista João Artur Lopes, vice-presidente da mesa da assembleia geral do Sindicato dos Trabalhadores das Empresas do Grupo CGD, cuja direção liderou durante anos.

Os palestrantes procurarão responder, entre outras, às seguintes questões: “Continuarão os baixos salários? E a precariedade aumentará? Que profissões terão maior saída? Quatro dias de trabalho por semana? E as pensões manter-se-ão?”.

Membros dos órgãos sociais da Cooperativa Trevim, em cujo jornal têm colaborado, Alcides Martins e João Lopes nasceram na Lousã, mas, por razões profissionais, estão radicados há várias décadas na zona de Lisboa.

Fundado em 1967, em plena ditadura, como projeto de informação e cultura, o Trevim tem vindo a afirmar-se como “voz nova para uma Lousã renovada”, fazendo jus ao lema proposto há 55 anos pelos seus fundadores.

Em 1979, beneficiando do advento democrático do 25 de Abril de 1974, um grupo de obreiros e assinantes criou a Cooperativa Trevim, que deu continuidade à publicação do periódico, passando a organizar também iniciativas públicas em diferentes áreas cívicas e culturais, na Lousã e na região.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com