Conecte-se connosco

Lazer

Jornadas do Património a partir de hoje com 900 atividades em 150 concelhos

Publicado

em

As Jornadas Europeias do Património (JEP) decorrem entre hoje e 03 de outubro com 900 atividades presenciais e ‘online’ previstas em 150 concelhos do país, na maioria gratuitas, sob o signo dos valores da diversidade e da inclusão.

Durante este período da programação estão previstas 320 visitas guiadas e livres, 40 espetáculos, 100 exposições, 80 ‘workshops’ e 50 conferências, em museus, monumentos, palácios e outros espaços patrimoniais de todo o país, públicos e privados, numa iniciativa europeia que em Portugal é coordenada pela Direção-Geral do Património Cultural (DGPC).

Sob o tema “Património Inclusivo e Diversificado” as JEP regressam depois de um ano marcado pela pandemia covid-19, e “celebram também a reabertura de sítios históricos, criando oportunidades de reencontro e de partilha de experiências”, segundo um comunicado da DGPC.

Entre as iniciativas está prevista, no sábado, uma conferência, no Mosteiro dos Jerónimos, por Fernando Teigão dos Santos, sobre a importância da água na vida quotidiana daquele monumento, e, no Convento de Cristo, em Tomar, um programa de animação da Praça de Armas do Castelo dos Templários, com figuração e demonstração de artes de treino militar e danças, medievais pela “Thomar Honoris”.

Uma caça ao tesouro em Ourém, uma visita à sala de Aljubarrota no Museu de Alberto Sampaio, em Guimarães, e uma tertúlia sobre património e educação na Aldeia da Garganta, em Sabrosa, Vila Real, também estão programadas.

Constam igualmente da programação uma encenação sobre a vida quotidiana palaciana no Museu dos Biscainhos, em Braga, uma oficina criativa no Museu de Arte Popular Portuguesa, em Pombal, e uma conversa sobre obras falsas no Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia, em Lisboa.

Uma oficina de conservação e restauro no Museu Municipal de Loures, um percurso pelo património da Rota da Água, em Sintra, e ateliês lúdicos e oficinas pedagógicas sobre “Missão SOS património”, no Padrão dos Descobrimentos, em Lisboa, também foram incluídas na programação.

Nos Açores, nas Lajes do Pico, entre outras iniciativas no arquipélago, o Museu do Pico irá oferecer a todos os alunos do 3.º e do 4.º anos da ilha do Pico, um exemplar do livro “Uma Viagem Pelos Tesouros do Mar”.

Na Madeira, o Palácio de São Lourenço promove visitas comentadas e, ao final do dia, acolhe uma atuação da Orquestra de Cordas do Conservatório.

Iniciativa conjunta do Conselho da Europa e da Comissão Europeia, as JEP são consideradas o evento cultural mais amplamente celebrado e partilhado pelos cidadãos da Europa, com mais de 70 mil eventos organizados todos os anos visando sensibilizar a sociedade para a importância do envolvimento de todos na proteção e valorização do Património Cultural.

O tema deste ano das JEP – “Inclusão e Diversidade” – visa destacar a “capacidade de reunir as pessoas em torno do seu património e da cultura que as envolve”, destaca a DGPC, acrescentando que pretende garantir que, este ano e para o futuro as iniciativas e o património possam “incluir todos na sua diversidade”.

O programa completo presencial e ‘online’ está disponível em http://w3.patrimoniocultural.pt/jep2021/digital/ e através de www.patrimoniocultural.gov.pt.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade