Conecte-se connosco

Desporto

Jorge Fonseca conquistou a Medalha de Prata no Grand Slam Ulaanbaatar 2022

Publicado

em

Jorge Fonseca conquistou a Medalha de Prata no último dia do Grand Slam Ulaanbaatar 2022, que se cumpriu este domingo, 26 de junho. Ao longo dos 3 dias, a prova que marca o início do período de qualificação olímpica para Paris 2024, reuniu 255 Atletas (100 Femininas e 155 Masculinos) em representação de 30 Países.

Neste terceiro e último dia de combates, entraram nos tatamis os judocas das categorias -78 kg e +78 kg femininas e -90 kg, -100 kg e +100 kg masculinas, com 2 Atletas Lusos em ação:

Jorge Fonseca (-100 kg) estreou-se na segunda eliminatória, onde derrotou Nurlykhan Sharkhan, após acumulação de ‘shidos’ do cazaque. O português, que ocupa o 1º lugar do ranking mundial, voltou a triunfar nos quartos-de-final, contra o mongol Gonchigsuren Batkhuyag, que, aproveitando o fator casa, conseguiu equilibrar o encontro, cedendo apenas no ‘golden score’ por ‘wazari’. O Bicampeão Mundial assegurou a presença na final, após superar o atual Campeão Europeu, Michael Korrel (nº6 do ranking mundial), dos Países Baixos, com um ‘ippon’ em apenas 9 segundos. Na luta pelo Ouro, enfrentou o Campeão Europeu de Juniores, Matvey Kanikovskiy (jovem russo de 20 anos que competiu sob a bandeira da Federação Internacional). O judoca português foi surpreendido e cedeu ‘wazari’ nos primeiros minutos do confronto e não conseguiu encontrar a solução para inverter o marcador. Com este resultado, Jorge Fonseca conquista a Medalha de Prata.

Na categoria -90 kg, Anri Egutidze começou a sua prestação com uma vitória, eliminando o jovem mongol Munkhtulga Darmaabazar, após um combate equilibrado (os 4 minutos de combate acabaram com um empate em ‘wazari’ no marcador), decidido com um ‘ippon’ do português no primeiro minuto do ‘golden score’. Na ronda seguinte enfrentou o 16º do ranking mundial, Noel Van T End (Campeão do Mundo em 2019 e vencedor do Masters de Doha 2021) e o confronto foi novamente marcado pelo equilíbrio, com o tempo regulamentar a terminar sem pontuações. No período de ‘ponto de ouro’, Anri Egutidze viu o terceiro ‘shido’, terminando a sua prestação.

Recordamos que nos primeiros dias da prova, Joana Diogo (-52 kg) marcou presença no bloco de finais, alcançando o 5º lugar, enquanto Rodrigo Lopes, na categoria -60 kg, terminou num honroso 7º lugar.

A Seleção Nacional Portuguesa presente no evento foi composta por 6 Atletas: Joana Diogo (-52 kg), Rodrigo Lopes (-60 kg), Francisco Mendes (-60 kg), João Fernando (-81 kg), Anri Egutidze (-90 kg) e Jorge Fonseca (-100 kg), que foram acompanhados pelo Treinador Pedro Soares.

 

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link