Partidos

Jerónimo de Sousa diz em Coimbra que em Portugal há força bastante para “rechaçar” a extrema-direita

Notícias de Coimbra | 5 anos atrás em 26-01-2019

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, afirmou hoje, em Coimbra, que, na sociedade portuguesa, há força bastante para “rechaçar e combater” os projetos antidemocráticos e de extrema direita.

PUBLICIDADE

Jerónimo de Sousa mostrou confiança de que projetos de extrema-direita “não passarão”, mas alertou que certos setores semeiam “a descrença e desilusão na política em geral”, desacreditam o regime democrático e, “de forma cada vez mais audaz, promovem [projetos antidemocráticos]” e, “com todo o despudor, trabalham para os naturalizar e normalizar”.

PUBLICIDADE

Durante o discurso num jantar regional do partido, o secretário-geral comunista afirmou que o PCP tem sido alvo de uma “campanha interna de manipulação, mentira e difamação”, mas, assegurou, nada “intimidará ou condicionará” o partido.

“O que certos setores não perdoam ao PCP é o papel determinante que assumiu para pôr fim a um Governo de desastre nacional e ao seu projeto de empobrecimento e de ruína do povo e do país”, vincou Jerónimo de Sousa, que apontou ainda para “certos setores dos grandes interesses económicos”, que não aceitam o papel dos comunistas na “defesa, reposição e conquista de direitos e rendimentos”

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

Segundo Jerónimo de Sousa, “o que certos setores temem e querem, com a intriga e a calúnia, é dificultar e inviabilizar a possibilidade do reforço do PCP e do seu papel, impedindo a construção de uma verdadeira alternativa para servir o povo e o país”.

“Quanto a nós, saibam: Não abdicamos de estar do lado certo, do lado dos trabalhadores, do povo, dos injustiçados, sempre mas sempre à procura de um futuro melhor para Portugal e para os portugueses”, salientou o dirigente comunista, que falava durante uma intervenção num jantar regional do partido em Lamarosa, Coimbra, onde também participou o primeiro candidato da lista da CDU às eleições do Parlamento Europeu, João Ferreira.

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE