Conecte-se connosco

Coimbra

Jair e Regina já só têm seis vidas

Publicado

em

Mais cinzento do que preto e branco, o gato Jair foi hoje resgatado de um apartamento em chamas na baixa de Coimbra pelos bombeiros que lhe salvaram a vida.

Farrusco e ofegante por causa do fumo intenso, o felino foi retirado do quarto onde começou o incêndio pelo bombeiro sapador.

Mais fumo negro saia pela varanda do apartamento com kitchenette, onde alguém apanhava à pressa as peças de roupa estendidas.

Cá em baixo, à saída do prédio, entre mangueiras e escadas, ouvia-se: “ainda falta outro”.

Quem assistia podia pensar o pior, mas a confirmação de que ninguém tinha ficado ferido com gravidade foi dada pelo subchefe principal, num segundo entre comunicações e coordenação dos meios.

Jair, ao colo de um bombeiro voluntário, continuava assustado de olhos arregalados e patas esticadas, tambem com medo de tantos desconhecidos.

Aguardava-se pela resposta do Canil Municipal para o acolher. Só com festas no pelo e a atenção redobrada de mais um soldado da paz, que também lhe deu de beber, é que Jair começou a ficar mais calmo.

Minutos depois foi entregue à dona. Cláudia A., já a refazer-se do susto ainda nos relatou que estava a dormir quando começou o incêndio.

A ação dos bombeiros salvara quatro vidas. Duas pessoas e dois gatos.

Quem faltava era Regina, a irmã gata de Jair que foi encontrada já durante o rescaldo, debaixo da colcha da cama. “Foi esperta, porque o tecido fez de filtro para o fumo”, disse o bombeiro ao entregá-la nos braços da dona.

Já Cláudia A. ficara desalojada, mas com um sorriso por ter consigo os seus dois gatos. Jair e Regina, os dois gatos agora só com “seis vidas”.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade