Conecte-se connosco

Politécnico

IPC atribui bolsas de mérito aos alunos com melhores  médias de candidatura 

Publicado

em

O Politécnico de Coimbra atribui, no próximo ano letivo 2022-23, bolsas de mérito aos  estudantes colocados pela primeira vez no ensino superior, através da primeira fase do  concurso nacional de acesso, inscritos num curso de 1º ciclo. 

Estas bolsas pretendem distinguir o mérito e o esforço individual dos estudantes e a  relevância de premiar o trabalho, o empenho, a perseverança e a excelência escolares.  Estas traduzem-se numa prestação pecuniária no valor igual ao da propina em vigor no  início do ano letivo em que é atribuída e é paga numa só prestação. Aos alunos a quem é  concedida uma bolsa é, também, atribuído um diploma de mérito. 

Para efeitos de atribuição de bolsas a estudantes inscritos no 1.º ano – 1º ciclo, o estudante  deverá ter escolhido o Politécnico de Coimbra como primeira opção e ter sido colocado  nesse curso. Considera-se aproveitamento escolar excecional a entrada no respetivo curso  desde que a classificação seja igual ou superior a 17 valores. 

Segundo a vice-presidente do IPC, Ana Ferreira, este é o terceiro ano em que a instituição  atribui a bolsa de mérito, sendo uma iniciativa a continuar, pois com a atribuição destas  bolsas aos estudantes que obtiveram as melhores classificações, o Politécnico de Coimbra  “está a reconhecer e valorizar os candidatos que optem por prosseguir estudos na nossa  instituição”. “Queremos continuar progressivamente a ser a primeira escolha dos  candidatos que nos procuram”, acrescenta a responsável. 

As bolsas de mérito referidas podem ser acumuláveis com outras bolsas. Para mais  informações consulte www.ipc.pt

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade