Conecte-se connosco

Saúde

Investigadores querem ajudar a controlar diabetes tipo 2 através de aplicação móvel

Publicado

em

Investigadores da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) integram um estudo que visa ajudar os indivíduos com diabetes tipo 2 a controlarem a doença através de uma aplicação, estando neste momento a recrutar voluntários, foi hoje revelado.

Em comunicado, a FMUP adianta que o projeto, intitulado “Food Friend”, pretende desenvolver e testar uma aplicação móvel para “monitorizar automaticamente a ingestão de alimentos e a prática de atividade física”, dando um “feedback personalizado” sobre as escolhas realizadas diariamente pelos indivíduos com diabetes tipo 2.

Nesse sentido, a equipa de investigadores está a recrutar indivíduos com diabetes tipo 2 para testarem no estudo que visa ajudá-los a controlar e gerir a doença, assim como prestar aconselhamento personalizado sobre alimentação e estilos de vida saudáveis.

Numa primeira fase, os voluntários apenas terão de usar a aplicação móvel durante três meses, sendo que o objetivo dos investigadores é perceber se a aplicação “potencia mudanças comportamentais” e “melhora a saúde e autogestão da doença” nos indivíduos que a usam.

Citada no comunicado, a investigadora Glória Conceição, da FMUP, realça que a aplicação visa “criar uma ferramenta completa” para “mediar a ingestão de alimentos de um indivíduo com diabetes mellitus tipo 2 através do reconhecimento fotográfico, código de barras ou inserção manual”.

“Iremos fornecer ‘feedback’ relevante e oportuno com base nos dados que forem gerados com a utilização da aplicação, nomeadamente o número de passos diário e a avaliação da alimentação”, esclarece a investigadora, acrescentando que o utilizador pode também registar os valores da glicemia, os dados sobre a medicação e criar notificações diárias.

Os doentes com diabetes tipo 2 podem participar no projeto, inscrevendo-se através de um formulário que está disponível ‘online’. Depois da inscrição, os voluntários são convidados a comparecer na FMUP para instalarem a aplicação, altura em que será também feita a avaliação de algumas medidas, como o peso e perímetro de cintura.

Financiado pelo programa Portugal 2020, o projeto “Food Friend” envolve 17 entidades de quatro países e pretende desenvolver ferramentas para monitorizar “de modo fácil e automático”, a ingestão de alimentos por pessoas com doenças crónicas.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com