Opinião

Insuportável

OPINIÃO | Angel Machado | 4 semanas atrás em 23-06-2024

Diariamente espanto-me com a volatilidade das notícias. Noam Chomsky, filósofo norte-americano, morreu e ressuscitou em 24 horas. Não há tempo para entristecer-se ou tentar investigar quem é Noam Chomsky. Muitas coisas estão aquém da nossa imaginação.

PUBLICIDADE

Se nada mais importar, lembre-se da primeira vez que viu o mar. As águas ondulantes e a natureza em força. Era uma visão longínqua e incomparável como qualquer outra emoção. Os óculos embaciados a projetar um horizonte irremediavelmente infinito e baço, a calcular o que não se sabe, a profundidade e a extensão da vida e do mar. 

Naquela fase era insuportável a decência dos meus pensamentos. Inequívoca, resplandecente, mas, obcecada pela perfeição. Farta dos conselhos – seja uma mulher subversiva e equilibrada, cometa os deslizes no escuro. Seja discreta na loucura e não desanime se não souber a diferença entre o céu e o inferno.

PUBLICIDADE

Infelizmente, o amor é pouco para curar as mazelas do mundo. Tente, ao menos, ser feliz com o que tem. Aceite os estereótipos e não deixe que lhe causem confusões.

Desapegue-se das ideias retrógradas que um dia a fizeram muito inflexível; desapegue-se, também, dos objetos, dos diários e calendários. Viva sem pressa. 

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

Não seja excessivamente generosa ou mesquinha, não esconda o que é. Releia os livros que mais gostou, reaprenda a sorrir sem precisar de motivo. Talvez, o segredo de uma vida saudável não esteja, apenas, na alimentação. Assuma que os seus pés gostam de caminhar, e fuja para um sítio tranquilo, principalmente, quando os ruídos forem maiores que os seus sonhos. Crie os seus próprios clássicos, solte-se da caixa, os livros não devem decorar a casa. 

Seja como for, liberte-se do “disse-me-disse”, e dos mortais que insistem em apregoar o preconceito e o pensamento lento. Seja como for, lembre-se da primeira vez que viu o mar. Talvez, consiga imaginar como o longe é o que nos faz sonhar.

OPINIÃO | ANGEL MACHADO – JORNALISTA

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE