Justiça

Instaurado inquérito a procurador que “vende” no Facebook

Notícias de Coimbra | 1 ano atrás em 17-03-2023

 A Procuradora-Geral da República determinou a instauração de um inquérito ao procurador Francisco Guedes por publicitar várias marcas e produtos, como vinhos, cafés, produtos de limpeza e para a barba no Facebook, disse à Lusa fonte da PGR.

PUBLICIDADE

Procurador da República no Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) Regional do Porto, Francisco Guedes publicitou na sua página social naquela rede social vários produtos, situação noticiada na quarta pelo jornal Correio da Manhã.

Na resposta por escrito à Lusa lê-se que “A Procuradora-Geral da República, na qualidade de Presidente do Conselho Superior do Ministério Público, determinou a instauração de processo de averiguação destinado, nos termos do art.º 264º n.º 2 do Estatuto do Ministério Público, a aferir da relevância disciplinar da referida conduta”.

PUBLICIDADE

O diário acrescenta que Francisco Guedes chegou a ser membro do Conselho Superior dos Magistrados do Ministério Público (CSMMP) no anterior mandato.

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE