Conecte-se connosco

Coimbra

INOVA investe cerca de 800 000 euros na remodelação do saneamento de Febres, Corticeiro de Cima e Vilamar

Publicado

em

A INOVA – Empresa Municipal de Desenvolvimento Económico e Social de Cantanhede tem em curso duas empreitadas no âmbito do plano de remodelação e valorização das redes de recolha de águas residuais mais antigas.

a0845519-82a6-4f96-bc4b-ac615cfac91b

Depois de ter concluído, há cerca de dois anos, um programa de investimentos de mais de 20 milhões de euros, que permitiu estender o sistema de saneamento a todo o concelho, passando-o de 30% em 2003, para 97% em 2014, a empresa municipal tem vindo a investir na substituição de alguns troços de coletores que se encontram em pior estado.

Nesse âmbito, foram iniciados recentemente intervenções de fundo nas redes de Febres e de Corticeiro e Vilamar, a primeira com um valor que ascende a 566 mil euros e um prazo de execução de 545 dias, a segunda adjudicada por 216 mil euros, devendo os respetivos trabalhos ser concluídos em 270 dias.

Relativamente à remodelação da rede de saneamento de Febres, a empreitada em curso eliminar deficiências detetadas, nomeadamente infiltrações e a afluência de caudais de águas pluviais, contemplando para o efeito a construção de cerca de 2.500 metros de emissários, a reabilitação contínua de cerca de 1.100 metros de coletor, a substituição pontual de coletores em cerca de 200 locais, a renovação de cerca de 160 caixas de visita e de 300 ramais domiciliários, bem como a demolição da antiga ETAR e a desativação das estações elevatórias de Arrancada e Pedreira.

Estas ficarão ligadas por um novo emissário que se prolongará até ao local de descarga no ponto de entrega à SIMRIA, junto da antiga ETAR de Febres.

Segundo informação técnica avançada pela INOVA-EM, estas obras permitirão ganhos significativos no desempenho desta rede de drenagem em particular e de todo o sistema em geral, tanto do ponto de vista estrutural, como no seu desempenho hidráulico, permitindo ainda uma redução dos custos de funcionamento com o aumento da sua eficiência energética.

Esses são de resto também os objetivos da empreitada de remodelação da rede de saneamento de Corticeiro de Cima e Vilamar, cujo caderno de encargos prevê a construção de cerca de 1.700 metros de emissários, a reabilitação contínua de cerca de 700 m de coletor, a substituição pontual de coletores em cerca de 90 locais e a renovação de cerca de 75 caixas de visita e de 60 ramais domiciliários. Por outro lado, serão eliminadas as estações elevatórias de Chorosa, uma na Rua da Liberdade, outra na Travessa de São Brás, que serão substituídas por dois emissários.

Além destas empreitadas, recorde-se, a INOVA-EM tem em curso avultados investimentos na remodelação da Central de Água dos Olhos da Fervença, adjudicada por um valor a rondar 1,3 milhões de euros, e na requalificação do sistema de abastecimento de água à freguesia de Ançã, obra que ascende a cerca de um milhão de euros.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com