Conecte-se connosco

Universidade

Inov C atribui 123 mil euros a projetos de investigação

Publicado

em

O programa estratégico Inov C, liderado pela Universidade de Coimbra (UC), acaba de atribuir 123 mil euros a projetos de investigação em curso em instituições de ensino superior da região centro, no âmbito do programa de Bolsas de Ignição, bolsas que visam incentivar os investigadores que desenvolvem projetos de I&D a explorarem, numa fase preliminar, o seu potencial comercial, com o objetivo de acelerar o processo de transferência de tecnologia e conhecimento para o mercado.

Dos 89 projetos de investigação que se candidataram à bolsa foram selecionados 14  das áreas da saúde, informática, mar, engenharia civil, engenharia mecânica, física e ciências alimentares. Cada projeto será financiado até10 mil euros.

Desde 2010, o Programa Inov C investiu mais de 500.000€, em mais de meia centena de ideias embrionárias com base nos resultados de projetos de I&D em curso e abrangidas diversas áreas do conhecimento, desde Bioquímica, Engenharia Mecânica, Medicina e Biologia, até Eletrotécnica, Engenharia Civil, Ambiente, Nutrição e Engenharia Biomédica.

Foram igualmente criadas 4 empresas – as designadas Startups, angariado um investimento posterior na ordem de 1.300.000€ e registadas mais de 8 patentes. Entre as empresas formadas, destacam-se a TreatU, direcionada para o desenvolvimento de estratégias mais eficazes e produtos mais seguros para o paciente oncológico, e a TOXFINDER, voltada para o desenvolvimento e realização de testes de toxicidade in vitro que visam identificar o perfil toxicológico de substâncias químicas.

Segundo João Nuno Moreira, investigador da Universidade de Coimbra e responsável da TreatU, as Bolsas de Ignição atribuídas pelo Inov C são um contributo muito importante para que «o conhecimento seja efetivamente posto ao serviço da Economia, no sentido que ajuda o conhecimento económico. Isto gera não apenas conhecimento, gera não apenas novos produtos, mas gera efetivamente emprego. Eu acho que programas como este são absolutamente cruciais ao desenvolvimento das regiões».

Financiadas pelo QREN no âmbito do Mais Centro-Programa Operacional Regional do Centro, as Bolsas de Ignição destinam-se a todos os docentes e investigadores (individualmente ou em parceria) que desenvolvem atividades de investigação em entidades ligadas à Universidade de Coimbra, aos Institutos Politécnicos de Coimbra e de Leiria, ou a unidades associadas ou participadas por qualquer uma destas entidades.

O programa Inov C é constituído por 10 entidades nucleares (Universidade de Coimbra, Instituto Politécnico de Coimbra, Instituto Politécnico de Leiria, iParque, Parque Tecnológico de Óbidos, Instituto Pedro Nunes, IPN Incubadora, Biocant, Incubadora D. Dinis e ITeCons) e reforçado por mais de 400 parceiros complementares (Associações Comerciais e Empresariais; Associações ou organizações de estudantes; Associações, projetos e estruturas de apoio ao empreendedorismo e inovação; Autarquias/Municípios; Empresa; Entidades financeiras; e outros estabelecimentos de ensino e unidades de investigação privadas).

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade [video width="1280" height="1280" mp4="https://www.noticiasdecoimbra.pt/wp-content/uploads/2020/11/banner-NDC-radioboanova.mp4" loop="true" autoplay="true" preload="auto"][/video]
Publicidade
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com