Conecte-se connosco

Autárquicas

Iniciativa Liberal quer tornar Coimbra numa cidade inteligente 

Publicado

em

O cabeça-de-lista da Iniciativa Liberal à câmara de Coimbra nas eleições autárquicas, Tiago Meireles Ribeiro, disse hoje que, se for eleito, quer tornar Coimbra numa cidade inteligente, através da aposta na digitalização e no reforço da rede de Internet.

“Durante a pandemia, vimos que temos um concelho a duas velocidades e o único acelerador em que a câmara [presidida pelo socialista Manuel Machado] põe pé a fundo é no acelerador das desigualdades”, afirmou o cabeça-de-lista à câmara à agência Lusa no sexto dia da campanha para as eleições autárquicas do dia 26.

Num dia dedicado a ouvir empreendedores de base tecnológica, a Iniciativa Liberal propõe “abrir as portas da câmara à inovação” e o reforço da rede de Internet em todo o concelho.

“Precisamos de ter acessos rápidos de Internet em todo o lado para atrairmos nómadas digitais, mas a Internet tarda no concelho”, apontou o candidato, dando o exemplo das falhas de rede em Ceira.

A Iniciativa Liberal defende também a digitalização dos serviços públicos, designadamente dos processos camarários, “não para despedir pessoas, mas para facilitar a consulta”, da gestão do tráfego, da iluminação publica ou da água, para evitar o desperdício, ou da criação de uma aplicação para telemóveis e de um cartão, através dos quais sejam divulgados os serviços públicos, oportunidades comerciais, atividades desportivas e de lazer ou eventos.

“O MOVE-ME é muito fraquinho, porque a informação referente aos transportes públicos não corresponde à hora em que os autocarros passam, por isso a aplicação está muito mal classificada nas lojas digitais”, justificou Tiago Meireles Ribeiro.

As propostas da Iniciativa Liberal passam ainda pela criação de um fundo de capitais de risco para empreendedores.

Nestas eleições autárquicas, concorrem à Câmara de Coimbra o atual presidente da Câmara de Coimbra, Manuel Machado (PS), José Manuel Silva (coligação PSD/CDS-PP/Nós, Cidadãos!/PPM/Volt/RIR/Aliança), Francisco Queirós, (CDU), Gouveia Monteiro (Cidadãos por Coimbra), Miguel Ângelo Marques (Chega), Filipe Reis (PAN), Tiago Meireles Ribeiro (Iniciativa Liberal) e Inês Tafula (Coligação Coimbra é Capital – PDR/MPT).

Nas anteriores eleições, o PS conquistou cinco mandatos na Câmara de Coimbra, a coligação PSD/CDS-PP/MPT/PPM conseguiu três, o movimento Somos Coimbra alcançou dois e a CDU um.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade