Conecte-se connosco

Política

Iniciativa Liberal quer monumentos iluminados e preservados em Coimbra

Publicado

em

O cabeça-de-lista da Iniciativa Liberal à Câmara de Coimbra nas eleições autárquicas defendeu hoje que o património mundial classificado deve ser mais iluminado e preservado, deixando críticas à gestão socialista na autarquia.

No quinto dia da campanha para as eleições autárquicas do dia 26, Tiago Meireles Ribeiro propôs hoje “reforçar a vigilância na cidade”, através da iluminação dos monumentos, com o intuito não só de os valorizar, como também de “aumentar o sentimento de segurança” na cidade.

A candidatura liberal defendeu ainda uma maior manutenção dos monumentos classificados para atrair turistas e investidores, no dia da campanha dedicado a visitar o Museu Machado de Castro, a Sé Velha, a escadaria do Quebra Costas, a Torre da Almedina e a Igreja de Santa Cruz.

“Vemos degradação e não preservação do que é património da humanidade”, afirmou à agência Lusa o cabeça-de-lista, criticando a gestão camarária de Manuel Machado.

Tiago Meireles Ribeiro preconizou também um plano eficaz para resolver as inundações, como forma também de preservar o património e evitar a sua degradação.

“Se somos património da humanidade, não podemos permitir que a baixa [de Coimbra] esteja carregada de vandalismo”, enfatizou.

A Iniciativa Liberal propôs também a criação de uma rede cultural, para “prender turistas e aumentar os dias das suas estadias” e para que Coimbra não seja só “uma cidade de passagem”, como acontece hoje, segundo Tiago Meireles Ribeiro.

Outras propostas passam também pelo reforço da limpeza na cidade, pelo levantamento do inventário patrimonial e pela criação de aplicações para telemóveis e do cartão Coimbra, ferramentas para “sensibilizar, dinamizar os negócios locais, promover eventos e informar sobre a oferta de transportes.

Nestas eleições autárquicas, concorrem à Câmara de Coimbra o atual presidente da Câmara de Coimbra, Manuel Machado (PS), José Manuel Silva (coligação PSD/CDS-PP/Nós, Cidadãos!/PPM/Volt/RIR/Aliança), Francisco Queirós, (CDU), Gouveia Monteiro (Cidadãos por Coimbra), Miguel Ângelo Marques (Chega), Filipe Reis (PAN), Tiago Meireles Ribeiro (Iniciativa Liberal) e Inês Tafula (PDR/MPT).

Nas anteriores eleições, o PS conquistou cinco mandatos na Câmara de Coimbra, a coligação PSD/CDS-PP/MPT/PPM conseguiu três, o movimento Somos Coimbra alcançou dois e a CDU um.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade