Conecte-se connosco

Autárquicas

Iniciativa Liberal promete gestão mais eficiente em Coimbra

Publicado

em

O cabeça de lista da Iniciativa Liberal à Câmara de Coimbra, Tiago Meireles Ribeiro, criticou hoje a gestão atual do município e prometeu maior transparência e melhor gestão dos dinheiros públicos se for eleito nas eleições autárquicas do dia 26.

“As decisões tomadas em reunião de Câmara mostram má gestão”, afirmou Tiago Meireles Ribeiro à agência Lusa, no segundo dia da campanha eleitoral.

Num dia em que se reúne com a Associação de Moradores do Monte Formoso e com a Associação Centro Saudável, a candidatura exemplificou que “houve obras que deviam ter sido feitas quando as pessoas estavam trancadas em casa para não prejudicar os negócios quando estão abertos, o que não aconteceu, e há obras que estão a acontecer agora”.

Tiago Meireles Ribeiro recordou o caso em que a Câmara contratou um DJ por 24 mil euros, “quatro vezes mais” do que o artista cobra por evento.

Ainda sobre “contratações desligadas da realidade”, o cabeça de lista falou ainda de “orçamentos mais baixos, a partir da média dos últimos dez anos, sem prever a evolução do mercado”, defendendo por isso “orçamentos realistas”.

“Muitas vezes, quem aceita os orçamentos são empresas sem capacidade para terminar as obras e por vezes resultam em fiascos e a Câmara acaba por gastar mais dinheiro ou acaba por ter obras paradas a meio”, criticou.

Apontando também para excesso de burocracia, decisões com fins eleitoralistas, falta de prestação de contas e “custos escondidos”, a Iniciativa Liberal propôs ainda uma maior visibilidade sobre prazos e custos dos projetos, maior transparência, disponibilização ao público dos processos camarários em execução e uma adequada gestão dos riscos das inundações de forma atempada.

Nestas eleições autárquicas, concorrem o atual presidente da Câmara de Coimbra, Manuel Machado (PS), José Manuel Silva (coligação PSD/CDS-PP/Nós, Cidadãos!/PPM/Volt/RIR/Aliança), Francisco Queirós, (CDU), Gouveia Monteiro (Cidadãos por Coimbra), Miguel Ângelo Marques (Chega), Filipe Reis (PAN), Tiago Meireles Ribeiro (Iniciativa Liberal) e Inês Tafula (PDR/MPT).

Nas anteriores eleições, o PS conquistou cinco mandatos na Câmara de Coimbra, a coligação PSD/CDS-PP/MPT/PPM conseguiu três, o movimento Somos Coimbra alcançou dois e a CDU um.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com