Incêndios: Deputados assinalam necessidade de afinar medidas de apoio

Notícias de Coimbra | 6 anos atrás em 10-11-2017

Uma delegação de deputados da comissão parlamentar de Economia, Inovação e Obras Públicas visitou hoje três concelhos dos distritos de Coimbra e Viseu afetados pelos incêndios e apontou a necessidade de afinação das medidas governamentais de apoio.

PUBLICIDADE

pedro coimbra

Em declarações à agência Lusa, Pedro Coimbra, deputado do PS e membro da comissão, defendeu a necessidade de afinar e aperfeiçoar as medidas de apoio, por exemplo, a empresas que possuem mais do que um código de atividade económica.

PUBLICIDADE

publicidade

“Por exemplo, dependendo do código que utiliza, pode uma empresa cair num mecanismo de apoio do Ministério da Economia ou do das Infraestruturas e outra no Ministério da Agricultura e os incentivos serem diferentes para uma mesma situação, com percentagens diferentes de apoio a fundo perdido”, avisou Pedro Coimbra.

O deputado socialista, que também preside à Federação Distrital de Coimbra do PS, disse ainda que há “problemas muito diferentes de concelho para concelho”, defendendo que para problemas diferentes causados pelos incêndios “terá de haver soluções diferentes”.

PUBLICIDADE

“Em Oliveira do Hospital há problemas com a produção de queijo da Serra, que não se colocam em Mira”, exemplificou, aludindo aos dois concelhos do distrito de Coimbra hoje visitados pela comissão parlamentar, aos quais se juntou Tondela, no distrito de Viseu.

A visita de hoje, adiantou, mais do que verificar no terreno os prejuízos sofridos por empresas e particulares face aos incêndios de 15 e 16 de outubro, destinou-se a aferir se as medidas de apoio “já estão a chegar às pessoas”.

“É urgente que as medidas sejam aplicadas com a maior brevidade possível. Mas também quisemos perceber se o que está a ser implementado em termos de apoios vai ao encontro das necessidades das pessoas”, sublinhou Pedro Coimbra.

Nas reuniões de trabalho e visitas aos locais hoje realizadas, onde participaram empresários e autarcas das regiões afetadas, o deputado socialista destacou a “força e a vontade generalizada” de reconstrução e reabilitação de atividades económicas, face aos danos sofridos.

A esse propósito, Pedro Coimbra deu o exemplo de uma empresa que hoje visitou que ficou “totalmente destruída” e, três dias depois, “já estava a trabalhar noutro local, com equipamentos emprestados e os mesmos empregados”.

“Além da solidariedade demonstrada, o povo português mostra que é um povo resiliente. O Governo agiu rapidamente nas respostas, os autarcas estão muito empenhados no terreno e as pessoas estão a reagir, ninguém está a baixar os braços a dizer que vai desistir”, evidenciou.

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE