Conecte-se connosco

Apanhado em Campanha

Coimbra 2023

Publicado

em

No já distante ano de 1993, o defunto jornal Centro Económico pediu a diversas personalidades da urbe para inventarem “a seu bel-prazer a Coimbra de 2023”.

Manuel Machado, então com 37 anos, a caminho do seu seu segundo mandato na presidência da Câmara Municipal de Coimbra, foi um dos que aceitou o repto do pasquim de Fernando Brito Moura e Dinis Manuel Alves, tendo avançando com grandes ideias para a cidade.

20 anos depois, a água voltou a passar por baixo das pontes de Santa Clara e do Açude e das então inexistentes Rainha Santa (Europa) e Pedro & Inês e  Manuel  (e a sua Marta) regressaram ao lugar que foram obrigados a abandonar em 2001 , pois  o roseiral conseguiu aarancar o laranjal que se plantou na 8 de Maio entre  2001 e 2o13.

Chega então a hora de verificar o que não foi feito e ainda pode ser executado, pois o actual líder da ANMP tem a oportunidade de governar  em Coimbra mais 12 (superando as  suas melhores expectativas,  tempo que se afigura suficiente para cumprir o programa interrompido por Carlos Encarnação, pois daqui a 10 anos  Manuel Machado será um jovem com 67 anos.

Vamos por partes. Ponto por  7 pontos:

CIDADE ANTIGA

Palácio dos Congressos: INACABADO

Classificação da UNESCO: SIM…no papel

Avenida Central: NÃO EXECUTADO…continua à espera do metro.

Recuperação do Pátio da Inquisição: EXECUTADO

Coimbra Centro de Convívio: CADA VEZ PIOR

CONCELHO PARA AS PESSOAS

Novo PDM: DEMOROU 20 ANOS.

Estacionamento nas entradas da cidade: HÁ LUGARES…

Silo Auto na Baixa e na Alta: NÃO SAÍMOS DO BOTA ABAIXO.

Recuperação da Orla do Mondego: Veio o POLIS e o resto está por fazer.

Pontes Europa e da Portela: DERRAPARAM durante anos…

CONCELHO RICO

Novos Mercados:  D.Pedro V AVANÇOU, o da Solum não saiu do papel, mas há o Dole Vita.

Industrias de fim de século procuram Coimbra: OK! Podemos falar na Critical e na Isa e tal.

HABITAÇÃO SOCIAL: Entregue ao PCP.

Equipamentos desportivos nas margens do Mondego:  Vamos esperar pelos EUSA GAMES.

CÂMARA HONRADA

Revolução tranquila nos processos: NÃO ACTA NEM DESATA…mas  Marcelo Nuno desmaterializou parte.

Centro de Dinamização Regional: Até as GALERIAS COIMBRA deixaram de encantar as Beiras.

Informação Municipal:  TEMOS MESMO DE FALAR DISTO? Machado Abriu nos anos 90, Encarnação fechou nos 2000, Barbosa reabriu em 2012, Machado voltou para voltar à década de 80 de Moreira.

Gabinete do Munícipe: VAI ANDANDO.

CIDADE CULTA

Universidade Europeia: Ergueram os Pólos II e III…mas continua demasiado dependente dos seguidores de D. Sesnando

Mais cultura e animação:  ROLING STONES, U2 e MADONNA. Espectáculo!

Largos horários de funcionamento nocturnos. SIM…mas falta fiscalização e regulação à medida do século XXI

Ensino Pré Escolar: A COMIDA tem dado que falar.

CIDADE SAUDÁVEL

Instituto do Desporto Juvenil Novo Choupal. Não saiu da sombra. A culpa é do governo, dos governos?

Descobrir com os cidadãos de Coimbra como o Mondego poderia ser o rio do nosso contentamento: Os CIDADÃOS POR COIMBRA nasceram, a areia é que não saiu do leito.

Saneamento e Recolha de Lixo: Temos de pedir relatórios ao COIMBRA e ao CIDADE.

COIMBRA CAPITAL REGIONAL

Nunca passou de um MITO URBANO. Está à vista que Aveiro, Viseu, Guarda, Castelo Branco e Leiria se viraram para  outros lados.

Resumindo e concluindo, porque não é dia de se fazer uma análise mais profunda. Apesar de tudo, muita coisa mudou para melhor. Fizeram-se uns milagres das Rosas e das Laranjas e até os vermelhos deram uma no cravo e outra na ferradura. Fechou o Scotch. Abriu e fechou a Via Latina. Abriu o NB. O Metro continua a não fazer parte do nosso dia a dia. Ainda bem!

O “visionário” Manuel Machado voltou a ter um lugar na história da autarquia local, tornando-se num histórico com um profundo conhecimento da cidade, sabedoria que mais cedo ou mais tarde terá de colocar na (sua) enciclopédia de Coimbra.

Vamos fazer o que ainda não foi feito?

…e continuar a almoçar no complexo Gastronómico CANTINHO DOS REIS, superiormente dirigido pelo Zé Reis, distinguido por O Sexo e a Cidade como GRANDE COMENDADOR DE COIMBRA, mas que ainda não tem uma medalha municipal igual à que foi bem dada a Luís de Matos.

machado 1

machado

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com