Conecte-se connosco

Coimbra

Hotel Parque Serra da Lousã – Apresentação Livro “Mãe de F.I.R.E.S.”

Publicado

em

O Hotel Parque Serra da Lousã irá acolher no Domingo, 24 de Fevereiro, uma sessão de apresentação do livro de Carla Dias – “Uma mãe de F.I.R.E.S.”. O evento terá lugar às 16:00, e contará com animação musical da banda Mercadoria.

O livro é um testemunho pessoal sobre a experiência de Carla Dias enquanto mãe de Isa, diagnosticada com Febrille Infection Related Epilepsy Syndrome – F.I.R.E.S., quando tinha apenas 10 meses. A menina, que celebra 3 anos em Maio, é portadora do único caso registado da doença em Portugal.

Febrille Infection Related Epilepsy Syndrome é um síndrome raro que se manifesta em convulsões que comprometem o desenvolvimento neuro-psicológico da criança. Desde o diagnóstico que a mãe, Carla Sofia Dias, realizou várias pesquisas de tratamentos que ajudassem a reduzir ou travar as crises que deixavam Isa em estado grave.

A apresentação estará a cargo de Sónia Simões, autora do prefácio, e contará também com a presença do Padre Pedro Santos e de Cristina Graça, fisioterapeuta da Cáritas de Coimbra.

O Hotel Parque Serra da Lousã, de 4 Estrelas, fica localizado no concelho de Miranda do Corvo, junto da Serra da Lousã. O complexo está inserido no Parque Biológico da Serra da Lousã, reconhecido como um dos maiores atrativos turísticos da região, e bastante próximo do Templo Ecuménico Universalista.

Localizado a menos de 20 minutos da cidade de Coimbra e da belíssima aldeia do Gondramaz, o Hotel possui 40 quartos, incluindo 3 suites, vários quartos comunicantes e ainda diversos quartos para pessoas com mobilidade reduzida. 

 

Junto ao Hotel, para além da agradável rede de percursos pedestres, localiza-se o Parque Biológico da Serra da Lousã que inclui uma grande variedade de fauna e flora autóctone da Península Ibérica (corsos, veados, ursos, linces, javalis, aves de rapina, répteis, etc.), centro hípico e uma zona museológica. 

O Templo Ecuménico Universalista, inaugurado no ano de 2016, é um espaço único no mundo, aberto aos crentes de todas as religiões e, ainda, aos ateus. Situado no cimo da montanha, este espaço carregado de simbolismo e mensagem faz parte do “Trivium”, conceito imaterial onde o Parque Biológico lembra a igualdade da Vida, o Ecomuseu Espaço da Mente exige a Liberdade e o Templo apela à fraternidade com a Natureza.

Todos estes investimentos são propriedade da Fundação ADFP, instituição sem fins lucrativos e de interesse público que, através da aposta no sector do turismo, procura garantir receitas para financiar as suas múltiplas respostas sociais naquela que é uma mais inovadoras Instituições do Terceiro Setor no território nacional e europeu.”

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link