Conecte-se connosco

Destaque

Homem morre numa casa de madeira consumida pelas chamas. Filho está desaparecido (com video)

Publicado

em

Um homem de 27 anos está em parte incerta depois da casa onde habitava ter sido totalmente destruída esta madrugada pelas chamas, que provocaram a morte a outro residente, o pai de 54 anos, encontrado carbonizado pelos Bombeiros de Penacova.

Segundo relatos dos moradores locais, o homem que desapareceu morava há três meses nesta casa com o pai, depois de regressar de um tempo imigrado na Suiça. Está agora desaparecido mas os bombeiros acreditam que não se encontrava dentro da habitação.

O Notícias de Coimbra sabe que há indícios a serem investigados pelas autoridades, nomeadamente uma viatura com bens supostamente retirados da casa antes do incêndio.

O comandante dos Bombeiros Voluntários de Penacova, António Simões, confirmou ao NDC a existência de uma vítima mortal e um desaparecido: “Encontrámos um cadáver do sexo masculino, que ainda esta por identificar” disse sublinhando que outro homem “poderia estar também na habitação”. Mas “depois de todas as buscas, da remoção dos escombros com recurso a uma retroescavadora” não foi encontrado mais nenhum corpo no rescaldo deste incêndio que deixou a “habitação destruída”. 

O comandante dos Bombeiros de Penacova explicou ao Notícias de Coimbra, em direto, que se tratou de um incêndio numa moradia unifamiliar com “construção em madeira, pré-fabricada, que teve início por volta das 5h30 da manhã. “Quando chegámos ao local a casa estava tomada pelas chamas na sua totalidade, portanto houve uma progressão muito rápida do incêndio”. Quando os vizinhos deram pelo incêndio, de madrugada, as chamas já tinham alastrado a toda a habitação.

António Simões acrescentou ao Notícias de Coimbra que foram os vizinhos a dar o alerta e a informar que a casa era habitada por duas pessoas, no caso pai e filho. O comandante avançou que também uma habitação adjacente à casa que foi consumida pelas chamas sofreu danos “de reduzida monta”.

António Simões, comandante dos Bombeiros Voluntários de Penacova

“As causas são completamente desconhecidas. A Polícia Judiciária e a GNR estiveram no local a tentar apurar as causas.”, informou ao  NDC. 

Ao início da tarde estavam no local três operacionais entre elementos dos Bombeiros Voluntários de Penacova e da GNR apoiados por dois veículos, segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Coimbra.

Veja o video do direto Notícias de Coimbra.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com