Crimes

Homem de Oliveira do Hospital é suspeito de maltratar a mulher durante 30 anos

Notícias de Coimbra com Lusa | 1 ano atrás em 12-12-2022

 Um homem de 76 anos, de Oliveira do Hospital, é suspeito de praticar violência doméstica contra a sua mulher, ao longo dos cerca de 30 anos da relação, afirmou hoje o Ministério Público de Coimbra.

PUBLICIDADE

Numa nota publicada na sua página de internet, o Ministério Público de Coimbra afirmou que o arguido está indiciado pela prática de um crime de violência doméstica, sendo suspeito de molestar “física, verbal e psicologicamente a vítima, com quem vivia maritalmente há cerca de 30 anos”.

“Os factos indiciados ocorreram, praticamente, ao longo de toda a relação de ambos, até dezembro”, acrescentou.

PUBLICIDADE

publicidade

Nessas circunstâncias, o arguido, alegadamente, “insultou a vítima, intimidou-a, chegando a encostar-lhe uma navalha ao pescoço, e agrediu-a, empurrando-a contra uma porta e provocando-lhe ferimentos na cabeça”.

No início de dezembro, após a vítima ter manifestado a intenção de se separar do arguido, “este empunhou uma espingarda e apontou-a na direção da companheira, ao mesmo tempo que lhe dizia que a matava”, salientou o Ministério Público de Coimbra.

PUBLICIDADE

Ouvido por um juiz de instrução criminal no sábado, o arguido foi proibido de contactar, por qualquer meio, a vítima e não comparecer na residência onde habita a vítima nem no seu local de trabalho.

O arguido ficou ainda proibido de deter qualquer arma e de contactar as testemunhas dos autos, estando também obrigado a apresentar-se semanalmente perante autoridades policias.

A investigação é dirigida pelo Ministério Público da unidade local de Oliveira do Hospital, com a coadjuvação do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) do Comando Territorial de Coimbra da GNR.

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE