Conecte-se connosco

Crimes

Homem de 71 anos que “ameaçava de morte” a companheira foi constituído arguido

Publicado

em

 Um homem de 71 anos, que ameaçava de morte a companheira, na Covilhã, foi constituído arguido, anunciou hoje a GNR, que também apreendeu armas e munições nesta ação.

Em nota de imprensa enviada à agência Lusa, o Comando Territorial de Castelo Branco explicou que a ação policial foi efetuada através do Posto Territorial do Teixoso, na segunda-feira.

“No âmbito de uma investigação por violência doméstica, os militares da Guarda verificaram que o suspeito, um homem de 71 anos, exercia violência física e psicológica contra a vítima, sua companheira de 52 anos”, é referido.

Segundo a informação, foi ainda possível apurar que “o agressor ameaçava de morte a vítima”.

A GNR acrescentou que deu cumprimento a dois mandados de busca, uma domiciliária e outra em veículo, que levaram à apreensão de uma caçadeira de calibre 12, de uma arma de ar comprimido de calibre 5,5 mm e de 247 munições de diversos calibres.

O homem foi constituído arguido e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial da Covilhã.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade