Conecte-se connosco

Crimes

Homem de 64 anos fica com pulseira eletrónica por violência doméstica

Publicado

em

Um homem de 64 anos ficou sujeito a pulseira eletrónica, depois de ser detido pela alegada prática de violência psicológica contra a companheira, de 57 anos, no concelho do Sabugal, anunciou hoje a GNR.

O Comando Territorial da GNR da Guarda refere, em comunicado enviado à agência Lusa, que o homem foi detido na sexta-feira, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE).

“No decurso de uma investigação por violência doméstica, os militares da Guarda apuraram que o suspeito exercia violência psicológica contra a vítima, sua companheira, de 57 anos”, adiantou a fonte.

Segundo a nota, no decorrer das diligências policiais, foi dado cumprimento a um mandado de detenção.

O detido foi presente a primeiro interrogatório judicial no Tribunal Judicial da Guarda, que lhe aplicou a medida de coação de afastamento da residência e do local de trabalho da vítima, bem como o afastamento e proibição de a contactar por qualquer meio, “com recurso a pulseira eletrónica”.

A GNR lembra que “a violência doméstica é crime público e denunciar é uma responsabilidade coletiva”.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com